Omnichannel – Centralizando a objetividade – Parte 5

0
9

Omnichannel – Centralizando a objetividade – Parte 5

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Dividimos a série “Omnichannel” em 6 partes, com o objetivo de alinhar o empreendedor a essa novidade tecnológica que tem modificado a forma de vender e se de relacionar com o cliente. Nesta quinta parte falaremos sobre o conceito omnichannel aplicado em todas as áreas de uma empresa.

Omnichannel para todas as áreas

Pode aplicar omnichannel em todas as áreas, embora o SAC tenha sido potencializado com essa ferramenta, não se trata apenas de uma ferramenta de atendimento, e por isso mesmo o conceito omnichannel visa ser uma experiência de atendimento ao cliente.

Omnichannel é diferente de multicanal

Omninchannel não é o mesmo que multicanal

No conceito de multicanal a empresa disponibiliza ao cliente vários canais de atendimento simultaneamente, mas independentes entre si.

Ou seja, o cliente ainda pode parar em filas de esperas independentes e receber respostas com posturas diferenciadas por cada setor.

Você Pode Gostar Também:

Integrar faz diferença

No conceito omnichannel não se trata apenas de multicanais, embora eles sejam muitos, a diferença está na integração entre todos.

Não são canais independentes, são interligados, e isso muda tudo.

As empresas que oferecem essa integração possuem vários planos e não são caros.

A diferença que a centralização faz é na interligação dos canais, e para o empreendedorismo isso é uma grande vantagem.

Pois exige baixo investimento, e ainda se trata de uma inteligência artificial totalmente flexível e adaptável à empresa.

Na próxima postagem dessa série falaremos mais sobre essa aplicação do omnichannel no empreendedorismo, e daremos exemplos de sucesso.

FONTE ORIGINAL

0 0 vote
Deixa sua avaliação aqui
Comentários
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários