The Woman’s Hour: Hillary Clinton produzirá drama sobre direitos eleitorais

0
9

The Woman’s Hour: Hillary Clinton produzirá drama sobre direitos eleitorais

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Imagem: (Penguin Books/Reprodução)

A emissora The CW anunciou sua nova série dramática e antológica The Woman’s Hour, que será produzida pela ex-primeira dama e ex-candidata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton.

(Clemens Niehaus/Geisler-Fotopres/picture-alliance/dpa/AP Images/Reprodução)(Clemens Niehaus/Geisler-Fotopres/picture-alliance/dpa/AP Images/Reprodução)Fonte:  Deadline 

The Woman’s Hour será baseada no livro “The Woman’s Hour: The Great Fight to Win the Vote”, da escritora Elaine Weiss, e terá cada temporada focada em acontecimentos diferentes que marcaram a história da luta feminina pelo direito de votar.

A 1ª temporada trará a história da 19ª Emenda à Constituição dos EUA, que garantiu o direito das mulheres ao voto. Em agosto de 2020, foi comemorado o 100º aniversário da Emenda.

A nova produção será uma parceria da Amblin Television e da Warner Bros. TV, e terá roteiros de Angelina Burnett, que também será showrunner e produtora executiva da série ao lado de Clinton, Weiss e os copresidentes da Amblin, Darryl Frank e Justin Falvey. Este será o primeiro trabalho de Hillary Clinton como produtora de um programa de TV.

A Amblin TV havia adquirido os diretos de adaptação do livro em 2018, quando Clinton apresentou o projeto em 2018 para o presidente da Amblin, Steven Spielberg. Por sua vez, Clinton conheceu o livro após os esforços da própria autora, depois de perceber os paralelos da história contada no livro, com a eleição presidencial de 2016 entre Hillary Clinton e Donald Trump.

FONTE ORIGINAL

0 0 vote
Deixa sua avaliação aqui
Comentários
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários