startups brasileiras recebem US$ 843 milhões

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

As startups brasileiras não deixaram de atrair investidores durante a pandemia. Em setembro, as empresas de inovação do país receberam juntas um total de 843 milhões de dólares, divididos em 37 aportes. Ao todo, desde janeiro, essas empresas já receberam 2,2 bilhões de dólares.

Os dados, levantados pela empresa de inovação Distrito, que acompanha o mercado, mostram que este foi o melhor mês de setembro da história para as startups. Em relação ao mesmo mês do ano passado, o volume investido foi 65% maior. Já na comparação com setembro de 2018, a quantia foi 796% superior. Apesar do maior volume, o número de transações foi menor que os dos dois anos anteriores: 37 contra 43 e 33, respectivamente.

O ano de 2020 já está quase atingindo o total investido em startups em 2019: 2,3 bilhões de dólares. “Considerando que este é um ano de desafios extremos, o Venture Capital reagiu muito bem e acreditamos muito ainda no potencial de crescimento desse mercado”, afirma Gustavo Gierun, cofundador do Distrito.

Ao analisar todas as 322 captações realizadas ao longo deste ano, nota-se que a maioria dos aportes está concentrada nos estágios iniciais de captação das startups (anjo, pré-Seed e seed). Nessas categorias, são 245 no total. Porém, a maior parte do volume investido (2,1 bilhões de dólares) se concentra em rodadas de séria A a G e em Private Equity.

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *