Roku pretende criar filmes e séries originais concorrer com Netflix e Apple

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

No início deste ano a Roku anunciou a compra de todo o material da empresa de streaming Quibi. Porém, a Roku possui planos mais além e de acordo com o site Protocol e a Revalera, foi descoberto que a companhia está contratando uma equipe para criação de programas e filmes originais para sua plataforma.

Havia na rede social Linkedin uma vaga para advogado de produção para ajudar nas “produções episódicas e longas-metragens da Roku”. Dentro dos requisitos e descrição do cargo estava fazer acordos com atores, produtores e equipe.

Vaga para advogado na Roku. Fonte: Linkedin

Ainda não se sabe quais serão os programas que a Roku está preparando para lançar. Além disso, não há qualquer informação sobre quando estes títulos originais irão estrear ou como os usuários dos dispositivos da Roku acessariam estes conteúdos próprios.

Séries e filmes originais podem ajudar a Roku

Assim como a Amazon e a Netflix já produzem títulos originais de séries e filmes, a Roku poderá se beneficiar também e concorrer diretamente com a Apple. A “maçã” lançou o Apple TV Plus não para apenas ter um fluxo estável de renda, mas para tornar seus dispositivos mais atraentes. A Roku teria a vantagem do preço de seus aparelhos de TV frente aos dispositivos da Apple.

O futuro ainda é incerto

Não se sabe ainda se as novas produções originais serão o suficiente para atrair mais clientes para os dispositivos Roku. Porém, sabe-se que a empresa possui uma das plataformas mais populares para streaming de vídeo devido ao baixo preço, porém não se compara com as vendas de hardware da Apple ou a influência dos filmes da Amazon ou Netflix. Caso a Roku queira fazer alguma concorrência, deverá produzir títulos realmente fortes.

O que achou da novidade? Comente abaixo e compartilhe conosco a sua opinião!

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *