Previsto para 2021, Harmony OS ainda vai demorar para chegar

0
11
Harmony OS pode ser liberado como update para aparelhos com EMUI 11

Previsto para 2021, Harmony OS ainda vai demorar para chegar

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Há alguns dias, um usuário do Weibo, rede social chinesa, divulgou o processo de adaptação do Harmony OS, sistema operacional da Huawei, para celulares. Segundo ele, isso começará em telefones que vêm com o Kirin 9000 e acabará naqueles equipados com Kirin 710.Usuários de todo o mundo também anseiam pelo Huawei Mate 40. Alguns acreditam até que o novo dispositivo chegará ao mercado com o Harmony OS 2.0 pronto para uso.Plano de adaptação exclui modelos Kirin 970No dia 3 de outubro, o usuário do Weibo mostrou o processo de adaptação do Harmony OS, principalmente para smartphones. Ele segue a Huawei e a Honor há muito tempo e tem contatos internos, então é uma fonte confiável.Segundo ele, a adaptação acontecerá em etapas, dependendo do processador SoC: primeiro o lote de Kirin 9000, depois o lote Kirin 990 5G, seguido por Kirin 990 4G (parcial), Kirin 985 e Kirin 820 (parcial). O quarto grupo tem Kirin 820 (parcial), Kirin 980 e Kirin 990 4G (parcial). Por fim, o quinto e último lote abrange Kirin 810 e Kirin 710 (parcial).ReproduçãoChips Kirin 990 estão nos planos de atualização. Imagem: HuaweiEssa é uma sequência bastante lógica. O Kirin 9000 já foi anunciado publicamente, mas não sabemos muito sobre ele. O que podemos confirmar é o processo de 5 nm da TSMC. E, primeiramente, ele aparecerá na linha de smartphones Huawei Mate 40. Por isso, o primeiro lote de atualização do Harmony OS chegar primeiro aos telefones com esse chip não chega a ser uma surpresa.Além dele, existem outros chips da série Kirin 9 que devem ter esse sistema operacional. Eles incluem a série Kirin 990 (4G e 5G), Kirin 985 e Kirin 980. Entre esses, o 985 é um chip de médio a alto padrão lançado neste ano, e a série 990 é o carro-chefe de 2019. O 980, por sua vez, é o principal de 2018. Todos eles usam o processo TSMC de 7 nm, embora exista primeira e segunda geração. O Kirin 970 foi deixado de lado e não receberá o Harmony OS.Dois chips da série 8 estão nos planos de adaptação: Kirin 820, lançado este ano como um produto de gama média, e Kirin 810, de 2019. Ambos também usam a tecnologia de 7 nm da TSMC. A série foi a primeira a vir com a arquitetura Da Vinci desenvolvida pela Huawei.Por fim, o Kirin 710 representa a série 7. Lançado em 2018, o chip usa a tecnologia de 12 nm da TSCM. Esse é o chip mais antigo e com a tecnologia de processo mais baixa em todo o plano de adaptação.Devemos observar que nem todos os modelos de telefone da Huawei e Honor utilizam chips Kirin. Alguns mais simples usam Qualcomm ou MediaTek. Até agora, não sabemos se eles receberão a atualização ou não.Embora essa informação vazada mostre quais chips receberão o Harmony OS, não há nenhuma informação sobre quando isso acontecerá. Portanto, é natural pensar que isso ainda vai demorar mais um tempo.ReproduçãoVersão 2.0 do Harmony OS ainda deve demorar. Imagem: Divulgação/HuaweiVale a pena esperarO primeiro Harmony OS apareceu na Huawei Developer Conference (HDC) de 2019 em sua versão inicial. No ano seguinte, a empresa lançou a versão 2.0, com grandes progressos em comparação à antiga geração.O primeiro sistema operacional inclui toda a estrutura de aplicativos Harmony OS, mais de 13 mil APIs, ferramentas de desenvolvimento Huawei DevEco, compilador e distribuição Ark. Assim como ele, o Harmony OS 2.0 também tem código-fonte aberto. Assim, desenvolvedores podem baixar códigos relevantes de fontes oficiais.Wang Chenglu, presidente da Huawei, afirmou na última HDC que o sistema suporta o uso de produtos de terceiros, com mais de 20 categorias de produtos e 12 milhões de terminais inteligentes de terceiros, como eletrodomésticos da Midea, além de cooperar com outras fabricantes, que futuramente terão o Harmony OS implementado em seus dispositivos.ReproduçãoSistema operacional tem código-fonte aberto. Imagem: HuaweiApesar disso, o principal objetivo da Huawei é cobrir seus celulares com o novo sistema. É apenas questão de tempo.Por enquanto, os smartphones da Huawei ainda são muito dependentes do ecossistema Android. O HMS 5.0 também está em andamento. Mesmo que seja um sistema Harmony alternativo, ele é inseparável da herança de algumas conquistas de desenvolvimento no ecossistema Android (HMS e compilador Ark, por exemplo).Em relação aos usuários comuns, quem quiser experimentar o Harmony OS em um celular deve esperar até 2021, quando o primeiro aparelho atualizado será lançado. Mas se você quiser muito um Huawei com o novo sistema totalmente funcional, precisará esperar bastante.Via: GizChina

FONTE ORIGINAL

0 0 vote
Deixa sua avaliação aqui
Comentários
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários