O mafioso italiano que se tornou influencer para aprimorar sua marca

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Todo negócio precisa se adaptar aos novos tempos digitais. Até a máfia. Uma reportagem publicada pelo jornal Financial Times mostra como Vicenzo Torcasio, um dos chefes da organização criminosa italiana ’Ndrangheta, usou o Facebook para aprimorar sua marca. A estratégia vinha funcionando, até Torcasio parar na cadeia, condenado a 30 anos de encarceramento por suas atividades mafiosas. 

Torcasio atuava nas redes sociais por meio de uma página chamada Onore E´ Dignita (honra e dignidade, em italiano). Em sua maioria, seus posts mostravam mensagens de autoajuda e motivacionais. Mas ele chegou a criticar o governo italiano por aprovar regras mais duras de conduta a mafiosos encarcerados. A página foi criada em 2012 e desativada em 2017. O mafioso chegou a ter cerca de 20 mil seguidores. 

Segundo especialistas em máfia ouvidos pelo Financial Times, o uso da mídia por mafiosos não é inédito. Nos anos 80, John Gotti, famoso gangster de Nova York, se tornou uma espécie de celebridade ao investir em anúncios na TV. Sua exposição pública, no entanto, chamou atenção das autoridades e Gotti acabou preso. 

A ‘Ndrangheta é uma organização mafiosa criada na Calábria, no sudoeste da Itália. Suas principais atividades são o tráfico de drogas, a extorsão e o contrabando de armas. Seu faturamento estimado é de 44 bilhões de euros, o que a torna uma das mais poderosas máfias do mundo. 

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *