ECONOMIA

Menor pressão cambial deve continuar em maio após real exibir melhor abril em 5 anos

SÃO PAULO (Reuters) – O dólar fechou esta sexta-feira com a alta diária mais forte em mais de um mês, em meio ao fortalecimento global da moeda por realização de lucros, mas nada que aqui no Brasil impedisse a divisa de registrar a maior queda para abril desde 2016, com alívio no plano político-fiscal doméstico e também nos temores de inflação nos Estados Unidos.

O real teve em abril o segundo melhor desempenho entre as principais moedas, depois de passar boa parte do ano liderando as perdas.

O dólar subiu 1,81% nesta sexta, para 5,4315 reais, maior valorização diária desde o último dia 24 de março (+2,20%). Houve ampla oscilação neste pregão: a cotação variou de 5,3363 reais (+0,03%) a 5,45 reais (+2,16%). No exterior, o índice do dólar saltava 0,75%, a caminho do maior ganho desde fevereiro.

Assista no curso gratuito Dominando a Renda Passiva.



Esse conteúdo pertence ao site:

Site: www.infomoney.com.br

Para qualquer dúvida, sugestão, reclamação ou denúncias, envie um e-mail para:

contato@imoveweb.com.br

FONTE ORIGINAL

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Para continuar navegando nesse site, DESATIVE o seu sistema de bloqueio de propagandas, o nosso site se mantêm com elas, porém nada de abuso na exibição, prometo que sua navegação será LIVRE sem incômodos. Obrigado pela visita :)