Leandro Hassum elege cinco cenas de comédia que mudaram sua vida

0
11

Leandro Hassum elege cinco cenas de comédia que mudaram sua vida

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Na foto ele mostra dez, mas são cinco cenas

Divulgação

Leonardo Rodrigues

De Splash, em São Paulo

20/09/2020 04h00

No entretenimento, existem cenas e cenas. E existem também as antológicas, que mudam nossa vida e até a maneira como enxergamos e nos colocamos no mundo. E não precisa ser nenhum artista —nem o Tom Hanks— para ter essa sensação de puro deslumbramento.

Continua depois da publicidade

Ou vai dizer que você, diferentão, rei do gelo, corpo fechado, nunca ficou “bolado” pensando por horas em um daqueles instantes simplesmente mágicos do nosso amigo audiovisual?

Com uma webcam na mão e essa ideia na cabeça, nós decidimos ir atrás de Leandro Hassum com a pergunta.

Quais cenas da comédia fizeram você ser o artista que é?

Para quem não sabe, além de ator, humorista e gente boa, Hassum é um estudioso do tema. Ou seja, ele não teve dificuldade alguma em enumerar cenas, assim como não tem para se proteger do coronavírus.

Continua depois da publicidade

E quer saber? Hassum não nos decepcionou e nos brindou com ótimas escolhas

Leandro Hassum - Danilo Verpa/Folhapress - Danilo Verpa/Folhapress

Leandro Hassum

Imagem: Danilo Verpa/Folhapress

O ‘jogo do limão’ do filme ‘Na Marinha’ (1941), protagonizado pela dupla Abbott e Costello

Sempre foi uma grande referência para o Marcius Melhem e eu. E essa esquete é maravilhosa, de esconder um limão embaixo de um copo, enquanto o outro tem que descobrir onde estava. Era um truque, pois havia um furo na mesa. A cena é tão engraçada que resolvemos fazer com ‘Os Caras de Pau’ e no ‘Zorra Total’.

Leandro Hassum, discípulo de Lavoisier: ‘Nada se cria, tudo se transforma’

Continua depois da publicidade

Hassum - Divulgação - Divulgação

Marcius Melhem e Leandro Hassum

Imagem: Divulgação

A cena da máquina de escrever invisível do filme ‘Errado pra Cachorro’ (1963), estrelado por Jerry Lewis

Tive o prazer de reproduzir essa cena no show de aniversário de 50 anos da Globo, no Maracanãzinho. É um momento antológico do Jerry Lewis. Também tive o prazer de vê-la em um show ao vivo, um dos últimos dele no palco. Eu chorava assistindo. É uma grande referência do humor.

Todo o filme'”Os Trapalhões na Guerra dos Planetas’ (1978)

Continua depois da publicidade

Minha vontade de fazer cinema para família brasileira vem muito de ver filmes dos Trapalhões. Gosto muito desse sátira do ‘Guerra nas Estrelas’. Não tem uma cena específica. Sou apaixonado por Mussum e Zacarias, mas Didi e Dedé tinham uma coisa de ‘clown’ [palhaço] no filme que me inspira muito.

A cena em que o personagem Michael Scott volta ao trabalho se arrastando em ‘The Office’ (episódio de 2009)

O Steve Carell pede demissão, mas percebe que o mercado está ruim e tenta voltar. Ele volta rastejando, achando que ninguém veria. E o cara está vendo da outra sala. É uma cena de comédia física muito forte e engraçada. Adoro as puxadas de olhar e o quebrar da quarta parede de ‘The Office’. Moderno demais.

Continua depois da publicidade

A cena do ‘barulho irritante’ de ‘Meu Malvado Favorito’ (2010), dublado por Hassum

Ele começa a dar as regras para as crianças na casa. Não pode isso, não pode aquilo. Nem fazer barulhinhos irritantes. Aí a menina faz o barulho com a boca. E ele diz: ‘Principalmente isso!’. Acho animação um troço muito incrível. E essas animações que estão sendo feitas agora captam o espírito da família. Adoro.

FONTE ORIGINAL

0 0 vote
Deixa sua avaliação aqui
Comentários
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários