Facebook doa US$ 1,3 milhão ao Bletchley Park, onde Alan Turing trabalhou | Cultura

0
7

Facebook doa US$ 1,3 milhão ao Bletchley Park, onde Alan Turing trabalhou | Cultura

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O Facebook anunciou uma doação de £ 1 milhão (US$ 1,3 milhão ou R$ 7,2 milhões) para o Bletchley Park, local em que Alan Turing, conhecido como pai da ciência da computação, contribuiu para decifrar o código da comunicação dos nazistas na Segunda Guerra Mundial. O espaço funciona hoje como um museu, mas lida com uma queda na receita em meio à pandemia do novo coronavírus.

Bletchley Park (Imagem: Divulgação)

Em comunicado do diretor de tecnologia do Facebook, Mike Schroepfer, a empresa afirmou que tem sorte em poder contribuir com o local. “O Facebook simplesmente não existiria hoje se não fosse o Bletchley Park. O trabalho de seu cientista mais brilhante, Alan Turing, ainda inspira nossas dezenas de milhares de engenheiros e cientistas pesquisadores hoje e é fundamental para todo o campo da computação, que tem e continuará a moldar a vida de bilhões de pessoas”.

Como o Facebook também lembrou, o trabalho para decifrar a Enigma, máquina usada por nazistas para trocar mensagens cifradas, foi realizado por quase dez mil pessoas, sendo 75% delas mulheres. A empresa afirma que o trabalho realizado pelo grupo mudou o curso da guerra, salvou milhões de vidas e criou as bases para ciência da computação moderna e para avanços em inteligência artificial, segurança online e criptografia.

Celebração em Bletchley Park, em 1945 (Imagem: Divulgação/Bletchley Park Trust)

Celebração em Bletchley Park, em 1945 (Imagem: Divulgação/Bletchley Park Trust)

A companhia destacou que também decidiu realizar a doação porque o Reino Unido é como sua segunda casa. Lá, sua força de trabalho supera a marca de 3.000 funcionários, sendo mais da metade na área de engenharia de software e tecnologia. A empresa afirmou ainda que deseja que a história de Bletchley Park seja conhecida por todos.

“Esperamos que, ao ajudar a manter o Bletchley Park aberto, mais pessoas possam aprender a história do grupo diverso de pessoas que fundou a computação moderna”, continuou, Schroepfer.

Alan Turing

Alan Turing

Facebook ajuda a recuperar finanças do Bletchley Park

A queda na receita impôs dificuldades ao Bletchley Park, que poderia ser obrigado a demitir 35 funcionários, cerca de um terço de sua força de trabalho. Com a doação do Facebook, o órgão que administra o local já recebeu £ 447 mil (cerca de R$ 3,2 milhões) do Fundo de Recuperação Cultural do Reino Unido, o que ajuda a recuperar mais da metade do déficit.

“Com esse apoio significativo, o Bletchley Park Trust estará melhor posicionado para operar no ‘novo mundo’ e manter suas portas abertas para as futuras gerações”, afirmou o CEO do truste, Ian Standen.

FONTE ORIGINAL

0 0 vote
Deixa sua avaliação aqui
Comentários
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários