Donos de bares e restaurantes protestam contra restrições em São Paulo

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Após o anúncio das novas medidas restritivas de isolamento social em São Paulo, donos de bares e restaurantes realizaram um protesto. O grupo era contra o fechamento dos estabelecimentos aos finais de semana, feriados e, durante a semana, a partir das 20h, conforme definiu hoje o governador João Doria.

O protesto começou por volta das 9h, no Morumbi. O ponto de concentração foi em frente ao Palácio dos Bandeirantes, localizado na zona sul de São Paulo. Duas faixas foram interditadas na Avenida Morumbi.

Os manifestantes entraram na sede do governo paulista para conversar com representantes do estado às 13h e a via foi liberada para a circulação de automóveis.

O protesto foi organizado pelo setor de bares e restaurantes sob a alegação de que há dificuldades para manter empregos durante a pandemia. Para o segmento, os prejuízos incluem o descarte de alimentos perdidos pela falta de utilização em função das restrições que passaram a ser adotadas em todo o estado.

São Paulo adota fase vermelha aos finais de semana

As restrições da fase vermelha foram adotadas em São Paulo para frear a disseminação da covid-19 no estado. Nessa fase ficam liberados apenas serviços essenciais, como padarias, mercados e farmácias. Os demais pontos, como bares, restaurantes e comércios, não poderão operar.

A Grande São Paulo e a capital estavam na fase amarela e passaram para a laranja, que proíbe o funcionamento de bares. Outras três regiões também regrediram da amarela para a fase laranja. Já as regiões que estavam registrando a fase laranja antes do anúncio de hoje não sofreram mudanças. As reclassificações são feitas semanalmente.

São Paulo ultrapassou a marca de 50 mil mortes pela covid-19. O estado registra uma média diária de óbitos acima de 200 por 13 dias seguidos. Os números não atingiam esse patamar desde setembro de 2020.

A tendência de óbitos e casos de coronavírus é crescente no estado.

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *