MUNDO ANIMAL

Curso de adestramento: Como educar um filho cão – Aula 01 [VIDEO]

Curso de adestramento: Como educar um filho cão – Aula 01

https://i.ytimg.com/vi/lXTVTYl9gRI/hqdefault.jpg



Encerramos as vendas do curso Como Educar um Filho Cão, então resolvemos disponibilizar o conteúdo para nossos assinantes aqui do canal. Tentarei postar um capítulo por semana. Aproveitem e não deixem de conhecer nosso último trabalho, o curso Adestramento natural mais: https://www.udemy.com/share/1002A0/

Tenha em mente que esse curso foi gravado em 2014. A qualidade de imagem e gravação, embora seja superior ao nosso outro curso disponibilizado gratuitamente, não é tão boa quanto a atual.

Inscreva-se no nosso canal, dê o seu joinha se curtir e compartilhe com os seus amigos.

FONTE ORIGINAL

Mostrar mais

17 Comentários

  1. Abandonaram um filhote de pastor na frente da minha casa, então eu e minha esposa adotamos.
    Bolinha, é uma graça, entretanto ela é extremamente agitada, não deixa os outros cachorrinhos que temos. Ela gosta de morder, mas morde muito kkkkkkkkkk.
    Eu tenho medo que ela fique violenta, e ataque os demais. Tenho esse medo pois eu a amo muito, e não quero que ela fique feroz, damos muito carinho e atenção.
    Vou assistir seus vídeos para ver como educar.
    Enquanto isso, vou levando a minha Osama Bin Dog hahahahahahahahahahahahaha

  2. Assistindo diversos vídeos eu notei que adestramento requer paciência e esforço da pessoa, nem sempre o cachorro vai obedecer, nem sempre o cachorro vai entender os comandos, o que eu entendi como comandos são os sinais que você faz e esse sinal o cachorro entende o que deve fazer pra ganhar o petisco, por exemplo quando eu aponto para o chão o meu cachorro entende que ele tem que sentar.

  3. Tenho noções básicas de adestramentos de cães e aconcelho as pessoas que queiram adquirir um mascote, que procurem analizar o caráter e o comportamento do proprietário dos cães reprodutores, pois isto pode influenciar muito no comportamento dos cães. . .
    Uma observação:
    Os cães reprodutores também podem ter algum disturbio mental como a escrisofenia, e esta doença mental, pode em muitos casos Já relatados ser de oringem congénitas proveniente da hereditariedade. . .
    Então analizem o comportamento dos reprodutores também!
    Também aconselho a analizar a visão a audição e o comportamento do filhote que queira adquirir como um mascote, pois tudo isto vai influenciar na conduta do animal em um futuro próximo. . .
    Tenho uma boa experiencia adquirida com os cães oriundos dos molossus, cães estes de extrema força como o American Pitt Bull Terrier, o American Staffordshire Terrier, o American Bully e afirmo que são raças muito destintas e muito companheiras, leais, amigas, carinhosas. . .
    A agrecividade do cão, pode ser oriundo de um transtorno mental, maus tratos como espancamento, ou não saber se impor como um verdadeiro lider, e deixar o cão a deriva. . .
    Como fala a própria psiquiatría "a criatura é o produto do meio" a onde em muitos casos, até comprovados por mim, o animal em muitos casos é a semelhança do seu proprietario a onde vai ter como herança psíquica, o caráter, do seu proprietario. . .
    Observação:
    Nunca subestimem um animal pois por mais manso que seja não deixa de ser animais irracionais e agem por instinto, a onde o o predominante é o instinto de sobrevivência. . .
    Em muitos casos de accidentes com cães de grande e medio porte é a própria culpa do proprietario e em outros casos culpa das pessoas que de uma forma ou de outra estimula o instinto do animal, trazendo para si danos irreversíveis ou o seu próprio óbito. . .
    Lembrem-se que se caso o seu cão agredir uma pessoa voçê irar responder um proceso criminal por agressão e lesões corporal leves ou graves ou até mesmo por homicidio culposo sem a intensam de matar, então todo o cuidado é pouco!

  4. tenho 2 caes uma shih tzu que esta comigo a quase 2 anos e a 2 dias adotei uma perdigero (tipo vira lata) e as 2 estao brincando a perdiguero e enorme e com uma mordida pode ate matar minha shih tzu mais n quero me desfazer de nenhuma das 2 tem alguma dica ou solução? por favor e obg

  5. Olá bom dia! Como vão? Feliz dia dos professores, instrutores, guias!!

    Um amigo que segue a página recomendou o trabalho de vocês que são especialistas.

    Moramos em uma fazenda (é uma igreja). Tem bastante espaço.

    Temos um Cane Corso, de 3 anos , e temos um Fila , com 45 dias e temos algumas dúvidas : eles precisariam ser castrados ?

    Poderiam conviver bem por um bom tempo ( 2 anos ) e depois se der problemas entre eles , poderíamos , tranquilamente fazer uma divisão e eles conviverem em um espaço comum e terem seu espaço separado e passear juntos?.
    Ou seria obrigatório castrar os dois ?
    Será que castrar adianta alguma coisa ?

    Muito obrigada, se puder nos instruir sobre isso… gratidão mesmo.

  6. Filho cão foi duro de ouvir… Eles são cachorros e ideias como essa geram humanização de cães e animalização de seres humanos… Vamos tratá-los como são. Isso não quer dizer que não devemos ter carinho e cuidar. Tenho dois cães e dou a melhor ração do mercado, pago veterinário, dou atenção, adestramento e gasto com eles muito tempo e dinheiro, mas eles não são e nunca serão filhos. Quer ter um filho? Não é em um canil que você vai adotar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Para continuar navegando nesse site, DESATIVE o seu sistema de bloqueio de propagandas, o nosso site se mantêm com elas, porém nada de abuso na exibição, prometo que sua navegação será LIVRE sem incômodos. Obrigado pela visita :)