A revolução das imagens criadas pela Inteligência Artificial



Já reparou nos avatares feitos com o aplicativo Lensa que viraram moda nas redes sociais?

Ouviu falar de imagens feitas por inteligência artificial ganhando prêmios?

Neste vídeo, nossa repórter Camilla Costa explica como a tecnologia tornou possível transformar frases em fotos e ilustrações quase perfeitas – e por que isso já está causando polêmica.

Assista e confira.

Apresentação e roteiro: Camilla Costa
Design e animação: Daniel Arce López
Edição de vídeo: Mariana Castiñeiras
Edição de texto: Ana Lucía González
Coordenação: Adriano Brito e Natalia Pianzola
Direção: Silvia Salek

Imagens:
Getty Images
OpenAI
Stable Diffusion 2.0
MetaAI
Elman Mansimov, Emilio Parisotto, Jimmy Lei Ba, Ruslan Salakhutdinov
mansimov.io
Manas Bhatia
Melissa Heikkilä

Fontes:
A journey through multiple dimensions and transformations in SPACE – Memo Akten
Generating Images from Captions with Attention – Elman Mansimov, Emilio Parisotto, Jimmy Lei Ba, Ruslan Salakhutdinov
Deep Learning – Jimmy Turrel, MIT Technology Review
Text to Image – Connor Shorten

Curtiu? Inscreva-se no canal da BBC News Brasil! E se quiser ler mais notícias, clique aqui: https://www.bbcbrasil.com

#bbcnewsbrasil #tecnologia #futuro
BBC News Brasil
https://www.youtubepp.com/watch?v=o7Vw_WfXCnc

FONTE ORIGINAL DO VÍDEO

22 comentários em “A revolução das imagens criadas pela Inteligência Artificial”

  1. Sinceramente, depois de Black Mirror, eu não consigo ser otimista sobre isso. É fadigoso só de pensar como eu, que ainda sou jovem e vou viver muitas décadas adiante, terei que lidar tanta montagem de imagens e vídeos instantâneos, o aumento de fakenews e perfis cheio de fotos de alguém na internet que sequer existe, vozes simuladas, vídeos simulados, fotos simuladas. Você só saberá que aquela pessoa não existe se você marcar um encontro pessoalmente e ela se recusar à ir.
    Não é à toa que cito Black Mirror; a série praticamente não abandona o senso realista sobre o uso da tecnologia no futuro próximo na maioria dos episódios. Um grande mal da humanidade é a capacidade de evoluir tecnologias que não são acompanhadas da evolução moral. Eu não tenho a menor esperança pela humanidade, e não é por querer romantizar os futuros distópicos.

    Responder
  2. Tipo viu a explicação no video so por duvida estimula cada vez mais a inteligência artificial nesse ritimo ao menos nem sabe como a inteligência chega na própria conclusão final baseado na explicação do vídeo, isso pra min soa como perigoso por que nem controla vocês estão controlando a inteligência artificial e ainda sim deixa ela mesmo concluiu seu processo e vocês nem sabe o potência final isso sim é burrice e depois cada vez mais o filme exterminador do futuro faz mais sentido e chega cada vez mais de uma realidade possivel isso sim e burrice da humanidade

    Responder
  3. Boa noite, não me parece muito inteligente a humanidade permitir máquinas (inteligência artificial) onde não tenha inteligentemente definido limites para tais deslumbres, de que adianta a imortalidade sendo inútil???

    Responder
  4. Assustador e empolgante, que momento para estar vivo. De tantos bilhões de pessoas que já viveram e ainda vão viver, de tantos séculos que já se passaram e ainda vão passar, aqui estamos nós, nesse espaço e tempo único. Gratidão.

    Responder
  5. Basta colocar na IA um código mestre com valores que não poderiam ser descartados por esta ao resover problemas ou fazer sugestões. Lógico isso não resolve tudo, o caso de IA no drone militar americano que "explodiu o operador" e depois "explodiu a antena de operação" para não receber ordens deixa claro a grande complexidade disso.

    Responder

Deixe um comentário

ACHADINHOS BARATOS

Esse post pertence a esse canal

ACABOU DE CHEGAR