15+ Pessoas que se identificam como não binário mostram que o gênero pode ser muito mais fluido do que imaginamos

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

É um processo árduo ser diferente da maioria: você enfrenta preconceito, olhares, desprezos. Por outro lado, afirmar-se e mostrar a todos quem se é e como quer ser tratado é, talvez, um dos atos de maior coragem existentes. É necessário ser muito forte para “bater o pé” e ser feliz.

O Incrível.club, então, encontrou pessoas que se identificam como um gênero fluido e decidiram mostrar ao mundo um pouco da sua felicidade. Confira só!

“Feliz terça-feira, companheiros exploradores de gênero”

“Aos 37 anos, finalmente me sinto linda!”

“Tenho tentado superar meu medo de fazer compras no departamento feminino. Hoje foi um bom começo”

“Roupa da noite passada”

“Alguém mais se sente mais elegante em um tecido tweed?”

“Eu me senti muito feliz nisto”

“Um dos meus looks de maquiagem favoritos 🌈”

“Lembrando a mim mesma que posso ser ela e ele”

“Sei que não existe uma maneira única de ser não binário e a experiência de cada um é diferente 🥰”

“Amando minha fluidez de gênero! Saudações a todos os queers!”

“Achei que não precisaria de um chapéu na neve… me sentindo muito elegante de qualquer maneira!”

“Quando eu tirei esta foto, meu parceiro disse: ’você parece um cara’, e eu fiquei super na defensiva. Agora, acho que isso me ajudou”

“Lentamente estou aceitando que sou um gênero fluido e não uma mulher, o que foi mais difícil para mim do que eu esperava, mas aqui estou!”

“Costumavam me falar que eu deveria sorrir mais, mas isso não parece ser um problema agora”

“Me senti bem hoje🥰”

“Aos 30 e próspera! Não binário em qualquer idade é lindo”

“Roupas que me fazem um Gremlin feliz :)”

Como você se sente quando tem coragem para fazer o que sempre teve vontade? Tem algum conselho para quem tem essa dificuldade? Compartilhe sua opinião conosco nos comentários. 😉

FONTE ORIGINAL

Recomendado Posts

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *