14 Provas de que o tempo passa depressa e não nos deixa recuperar o fôlego

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O tempo voa como uma flecha, e o que nos faz notar isso são os objetos de uma caixinha de recordações e tendências ou modas que ficaram para trás. Algumas coisas, com os anos, foram modernizadas, tornando-se completamente irreconhecíveis. Outras, quase desapareceram do mapa, deixando um rasto de nostalgia em nossas almas.

Nós, do Incrível.club, acreditamos que, às vezes, é bom mergulhar no passado, por isso, reunimos mais de 15 fotos que mostram o quanto as coisas mudaram em apenas duas décadas. Confira!

Alguns celulares, em particular o icônico Motorola Razr, hoje se tornaram peças de museu

A vida de muitas pessoas tomou um rumo diferente

Hoje, você pode comprar um iPod por 20 dólares. Antes esse aparelho custava muito dinheiro

Notre Dame já não é como era antes

Fitas de videocassete que eram quase como tesouro, hoje são completamente inúteis

“Me lembrei de quando procurava e comprava estas fitas. Cassetes com faixas raras eram disponíveis só por um dia, e não para todos. Bons tempos!”

O tempo também deixou sua marca nos Starks de Game of Thrones. A diferença entre as fotos é de 10 anos

Jogo icônico SimCity que deu início a série de jogos The Sims

O gelo do Ártico está derretendo mais depressa do que esperávamos

“Alguém se lembra daqueles colchonetes que praticamente não ajudavam em nada nas quedas durante as aulas de educação física?”

Pringles mudou seu logotipo pela primeira vez em 20 anos

“À direita, estão os brinquedos que me deram quando eu tinha mais ou menos 2 anos. À esquerda, estão suas versões modernas compradas pela Internet. Que saudade da infância!”

Quase 30 anos após a estreia do Arquivo X

Muitos já esqueceram o que é um telefone público

Tem alguma coisa que faz você perceber como o tempo voa depressa? Comente!

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *