União do Brasil para ajudar RS “não cabe discussões políticas”, diz Oinegue



Grupo Bandeirantes lança editorial que destaca a união do Brasil para ajudar o Rio Grande do Sul
Band Jornalismo
https://www.youtubepp.com/watch?v=O_95nYQzzcc

FONTE ORIGINAL DO VÍDEO

O que você achou desse post?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

24 comentários em “União do Brasil para ajudar RS “não cabe discussões políticas”, diz Oinegue”

  1. A Band vendida jamais vai falar dos CorruPTos que os alimenta com Pix… que depois da suruba em Copacabana se lembraram que ja havia pessoas mortas nessa tragédia sem precedentes…
    Imagina se fosse o outro governo que só fez uma melhor gestão do dinheiro público tirando a mamadeira dos sangue sungas da imprensa 🤮🤮🤮

    Responder
  2. O poder público está ineficiente na ajuda ao RS é visível. O povo Gaúcho e os brasileiros de bem é que realmente têm feito o trabalho duro de salvamento e acolhimento aos atingidos por essa tragédia meteorológica.
    Palavras vazias jogadas ao vento.

    Responder
  3. mauriciofreitas4786 falou o bacinado pelo melhor Presidente que esse país já teve,comprou 500 milhões de doses de vacinas, já teu dono,o ladrão,gadtou mais de 3 bilhões em viagens com a esbaNJA,comprou tapetes, sofás,camas gastando milhões fo teu 💰💰💰 tbm, petralha trouxa😂😂😂😂😂

    Responder
  4. O engracado q na pandemia essa falacia de discussao politica. Passaram 4 anos batendo no governo bolsonaro. Agora é pra pegar leve com o ladrao. O governo mula é culpado sim. Deixou o povo gaucho NA MAO e a imlrensa esta passando pano.

    Responder
  5. Esses safados apoiaram a eleição de um ladrão para a presidência, agora venhe com essa conversa para otários acreditar,bando de Meleques, estão com medo do povo estamos acordando desse pesadelo que se chama pt e seus asseclas,band,globo,uol, estadão,folha de são Paulo todos esses canalhas, merecem cadeia,salve o povo do querido Rio grande do sul,que Deus nos ajude!

    Responder

Deixe um comentário

ACHADINHOS BARATOS

Esse post pertence a esse canal

VEJA ESSES