UE e Cuba discutem cooperação econômica e sanções impostas pelos EUA – 21/01/2021

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, e o chanceler de Cuba, Bruno Rodríguez, discutiram a futura cooperação e o impacto das sanções econômicas americanas, disse em nota a UE (União Europeia) hoje.

De acordo com a breve nota oficial, no diálogo, Borrell e Rodríguez revisaram o processo de diálogo político entre Cuba e a UE, apoiado em um acordo assinado em 2016 e aplicado de forma provisória desde 2017.

“Em particular, discutiram o impacto das sanções dos Estados Unidos na economia cubana e os interesses da UE em questão de comércio e investimentos”, expressou a UE em nota.

Borrell também “rejeitou com firmeza a decisão de última hora dos Estados Unidos de incluir [Cuba] na lista dos Estados que patrocinam terrorismo”.

A nota destacou que, na conversa, Borrell lamentou que essa decisão terá “um impacto negativo nos investimentos diretos em Cuba” e também agravará “a difícil situação dos cubanos em meio à pandemia”.

Também apontou que a UE está “pronta como sempre para apoiar Cuba nos esforços de reformas do interesse de todos”.

A poucos dias de deixar o poder, o governo de Donald Trump surpreendeu todos ao voltar a incluir Cuba na famosa lista de “Estados patrocinadores do terrorismo”, da qual havia sido retirada em 2015.

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *