SP anuncia volta para a fase amarela um dia após as eleições – Notícias

0
197

SP anuncia volta para a fase amarela um dia após as eleições – Notícias

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:



Todo o Estado de São Paulo retornará para fase amarela do Plano SP um dia após as eleições municipais. O anúncio foi feito pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), durante coletiva no Palácio dos Bandeirantes, nesta segunda-feira (30).


A medida não fechará o comércio, nem bares ou restaurantes, e também não fecha atividades econômicas, mas é mais restritiva nas medidas em relação aos horários. Também não haverá alteração na programação de volta às aulas, e as escolas não serão fechadas.


No dia 9 de outubro, o governador havia confirmado o avanço à fase verde para a Grande São Paulo e as regiões da Baixada Santista, Campinas, Piracicaba, Sorocaba e Taubaté. Nas últimas semanas, o aumento do número de casos e internações já estava sendo discutido por médicos e autoridades.



Durante a coletiva, Doria anunciou também que, em decisão do Centro de Contingência, os dados da covid-19 no Estado serão analisados de 7 em 7 dias, em vez a cada 28 dias como anteriormente.


Um dos principais motivos para o retorno à fase amarela, segundo Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado, foi o aumento no número de internações por covid-19: nas últimas três semanas epidemiológicas, houve aumento de internações de 18%, 17% e 7%, respectivamente. 


Entretanto, Ellen assegurou durante a coletiva que não houve interferência de interesse eleitoral na decisão. Segundo o governo, se a reclassificação ocorresse em 16 de novembro, 89% da população do Estado estaria agora na fase verde. Por isso, freou-se o avanço à fase verde, assim decidindo por “reclassificações mais intensas”.


O próximo anúncio de mudança ou permanência de fase, segundo Doria, ocorrerá no próximo dia 4 de janeiro.




Veja as regras da fase amarela


Shoppings centers


Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local.


Horário reduzido (10 horas).


Praças de alimentação (ao ar livre ou em áreas arejadas).


Adoção dos protocolos geral e setorial específico.


Comércio e serviços


Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local.


Horário reduzido (10 horas).


Adoção dos protocolos geral e setorial específico.


Bares e restaurantes


Somente ao ar livre ou em áreas arejadas.


Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local.


Horário reduzido (10 horas).


Consumo local até 17h.


Consumo local até as 22h (se a região estiver a ao menos 14 dias seguidos na fase amarela).


Adoção dos protocolos padrões e setoriais específicos.


Salões de beleza e barbearias


Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local.


Horário reduzido (10 horas).


Adoção dos protocolos geral e setorial específico.


Academias


Ocupação máxima limitada a 30% da capacidade do local.


Horário reduzido (10 horas).


Agendamento prévio com hora marcada.


Permissão apenas de aulas e práticas individuais, mantendo-se as aulas e práticas em grupo suspensas.


Adoção dos protocolos geral e setorial específico.


Eventos e atividades culturais


Permitido após a região ficar ao menos 28 dias consecutivos na fase amarela.


Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local.


Obrigação de controle de acesso, hora marcada e assentos marcados.


Venda de ingressos de eventos culturais em bilheterias físicas, desde que respeitados protocolos sanitários e de distanciamento.


Assentos e filas respeitando distanciamento mínimo.


Proibição de atividades com público em pé.


Adoção dos protocolos geral e setorial específico.


Demais atividades que geram aglomeração


Não são permitidas.


FONTE ORIGINAL

Deixe uma mensagem para esse post

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui