Sarah Oliveira entrevistava Britney Spears para a MTV há 20 anos; veja

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Britney Spears e Sarah Oliveira em entrevista à MTV Brasil, em 2001

Reprodução/Instagram

Renata Nogueira

De Splash, em São Paulo

26/03/2021 04h00

Em 2001, logo após o 11 de Setembro, Sarah Oliveira embarcava sozinha rumo aos Estados Unidos para entrevistar a maior estrela pop da época: Britney Spears. Vinte anos depois, a entrevista da MTV Brasil ainda é lembrada pela delicadeza com a jovem artista, tão julgada na época por sua sensualidade.

Continua depois da publicidade

Com o lançamento do documentário “Framing Britney Spears”, a princesa do pop voltou aos holofotes e a entrevista viralizou.

De novo!

Splash conversou com Sarah Oliveira sobre os bastidores do encontro e o que ela sentiu ao ver a atual Britney Spears, que luta para recuperar a carreira e a autonomia.

Charles Motta - Charles Motta

Sarah Oliveira hoje, aos 41 anos

Imagem: Charles Motta

Como eu também comecei a trabalhar muito cedo, ali me identifiquei com ela. Era mais uma coisa intuitiva, de se pôr no lugar do outro. A palavra sororidade nem era conhecida.

Sarah não tinha completado nem 21 anos quando entrevistou Britney Spears, que tinha 19. À frente do programa “Disk MTV”, uma das maiores audiências do canal na época, ela foi a escolhida para ir até Miami entrevistar a estrela, que já tinha tocado no Rock in Rio no começo daquele mesmo ano.

Ana Carolina Fernandes/Folhapress - Ana Carolina Fernandes/Folhapress

Britney Spears no Rock in Rio, em 2001

Imagem: Ana Carolina Fernandes/Folhapress

Continua depois da publicidade

Sinto que ajudei a denunciar o machismo de uma maneira bem espontânea. Mesmo sem ter a total noção na época, acabei ajudando porque a entrevista foi completamente o oposto disso.

A entrevista durou mais de meia hora, e Sarah conta que —mesmo com os assessores em volta orientando a encerrar — Britney fazia sinais com as mãos de que queria seguir. A cantora já tinha atendido vários veículos e aquela era a última entrevista do dia, mas ela estava à vontade com a brasileira.

Foi o encontro de duas garotas que começaram muito cedo e estavam ali para falar de música. Hoje eu assisto e vejo um pouco da minha filha, a Chloé, que tem 8 anos. Acho fofo.

Alguns detalhes ajudaram o papo a fluir. Britney Spears ficou encantada com um anel que Sarah usava, e quis mostrar a peça para todo mundo no estúdio. Ela também elogiou a roupa da apresentadora. Sarah conta que o anel de prata veio da Espanha e foi um presente.

Continua depois da publicidade

Eu fui tão ingênua que eu nem dei o anel para ela. Hoje em dia eu daria. Eu tinha ganhado o anel da minha melhor amiga, era uma coisa muito de menina mesmo.

Ficou curioso?

Sarah guarda o anel até hoje (e mostrou pra gente)!

Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Para completar a experiência, Sarah ainda deu a sorte de encontrar Britney e Justin almoçando no mesmo restaurante que ela no dia seguinte. Eles não almoçaram juntos, mas ela chegou a ser fotografada por paparazzi brasileiros e foi parar na capa de jornais e revistas junto com os astros da música.

No outro dia encontrei com ela e com o Justin no mesmo restaurante almoçando. Ela deu um gritinho quando me viu, foi uma coisa muito bonitinha. A gente ficou feliz de se encontrar.

Com tantas memórias afetivas de Britney, ela também lamentou o que viu no documentário disponível no GloboPlay. Sem pisar nos palcos desde 2018, hoje a cantora de 39 anos luta para se livrar da tutela do pai após seu “surto” em 2007 e cuidar sozinha da própria vida e da carreira.

Continua depois da publicidade

Fiquei muito triste porque poderia ter sido diferente. Temos exemplos trágicos como a Amy Winehouse, a Whitney Houston. Só queriam faturar em cima delas. É uma postura muito cruel.

Reprodução - Reprodução

Britney Spears no clipe de ‘Toxic’, de 2003

Imagem: Reprodução

Sarah, que foi uma adolescente “do rock e da MPB”, como ela mesma define, entendeu e aprendeu a gostar do pop com o “Disk MTV”. E diz ainda sentir uma imensa admiração por Britney Spears.

Eu amava a Britney. Achava ela boa mesmo. Achava ‘Toxic’ um puta clipe. Ouço até hoje.

Continua depois da publicidade

Para quem ficou com saudades de Sarah Oliveira, ela segue à frente do projeto Minha Canção, que pode ser ouvido na rádio Eldorado, no formato podcast nos serviços de streaming e também em vídeo no YouTube. Hoje vai ao ar a primeira parte do especial do maior nome da nossa MPB:

Tom Jobim!

FONTE ORIGINAL

Recomendado Posts

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *