Santos oficializa Ariel Holan como novo treinador

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Reconhecido por ser estudioso, o técnico tem no currículo a Copa Sul-Americana em 2017, com o Independiente, da Argentina, e também o Campeonato Chileno, com a Universidad Católica, em 2020, onde fez o seu último trabalho

Reprodução Ariel Holan é o novo técnico do Santos

O Santos oficializou na tarde desta segunda-feira, 22, Ariel Holan como novo treinador do seu time principal. O argentino de 60 anos firmou contrato com o Peixe até dezembro de 2023 e assume a equipe a partir do Campeonato Paulista, que começa no próximo final de semana. Reconhecido como estudioso por sua capacidade de unir tecnologia e futebol, Holan tem no currículo a Copa Sul-Americana em 2017, com o Independiente, da Argentina, e também o Campeonato Chileno, com a Universidad Católica, em 2020, onde fez o seu último trabalho. Além do dois clubes tradicionais da América do Sul, ele também coleciona passagem pelo Defensa y Justicia.

“Estou muito feliz em dirigir o Santos, um clube com tantos craques como Pelé e Neymar. Será um desafio participar de uma das ligas mais equilibradas do Mundo, mas confio plenamente que vamos entregar um bom resultado para a torcida com mentalidade ofensiva e que os jogadores mais novos sejam aproveitados com os mais experientes. Sei que é uma responsabilidade muito grande, mas estou animado”, afirmou Ariel, que pretende estreitar cada vez mais seu contato com o País, aprendendo o idioma português. “Fica minha promessa que vou terminar falando bem o português”, concluiu.

Presidente do Santos, Andrés Rueda exaltou a qualidade do técnico, que iniciou sua carreira sendo treinador de hóquei de grama, garantindo o bronze para a seleção uruguaia feminina nos Jogos Pan-Americanos de Santo domingo, em 2003. “Um profissional que usa a base, joga ofensivamente e que se adequou à questão financeira do Clube”, disse o mandatário do Peixe. Depois da conquista no hóquei, Holan decidiu migrar para o futebol, iniciando como analista de desempenho, onde desenvolveu softwares de análise. Na sequência, ele foi auxiliar técnico, ganhando experiência em times locais, como o Arsenal de Sarandí, Estudiantes, Banfield, Argentino Juniors e até mesmo o River Plate. Seu primeiro título no futebol foi a Sul-Americana com o Independiente. Seu último time foi o Universidad Católica, no Chile, onde garantiu o título nacional.

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *