Samsung quer construir uma nova fábrica de processadores no Texas

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

A Samsung tem planos de construir uma nova fábrica especializada na produção de chips avançados, como os de 3 nm, e o investimento para isso é de mais de US$ 10 bilhões O projeto ainda está no início, e é cogitado para ser inserido na cidade de Austin, Texas, sendo assim a terceira fabricante a utilizar tecnologia de litografia ultravioleta extrema em sua produção de chips. Se o plano sair do papel, a construção da fábrica começará a partir desse ano, e começará a operar em 2023.

Esse plano melhoraria diretamente o fornecimento de componentes para a Samsung, já que as relações comerciais entre EUA e China andam mais desgastadas que o normal. A mudança também aproximaria a Samsung da TSMC, fábrica responsável pelo fornecimento de chips para os iPhones e Macs da Apple.

Questionados pelo portal Bloomberg, a Samsung disse que ainda não havia tomado uma decisão sobre seus planos de construir uma nova fábrica nos EUA. Mesmo assim, informações revelam que em dezembro, a Samsung já adquiriu um terreno de 440.000 metros quadrados em Austin, lugar comercialmente em potencial desde os anos 90.

Samsung investindo pesado no ramo de componentes

Assim como a Apple, que reformulou suas tecnologias e encerrou as parcerias com fornecedores de processadores, como é o caso da Intel que fornecia chips para os Macs desde 2005, por exemplo, a Samsung planeja melhorar ainda mais as suas instalações e para conseguir esse feito, um investimento de mais US$ 116 bilhões está sendo pleiteado para os próximos dez anos.

Com a nova fábrica em Austin, a Samsung poderá começar a oferecer chips baseados na mais avançada tecnologia de 3nm já em 2022. A Bloomberg ainda observou que esse é um caminho de sucesso, já que o mercado de componentes para smartphones e computadores é cada vez mais rentável.

Hoje em dia, a Samsung já fabrica chips de memória para a Qualcomm e Nvidia, e ao que tudo indica, deverá fornecer tais componentes à Intel daqui para frente. O jornal Korea Times diz que se a fábrica for de fato construída, no segundo semestre do ano, a Samsung já seria capaz de fornecer ao menos 15.000 chips gráficos para a Intel. Com esse investimento, a Samsung poderia facilmente comandar uma possível tendência de mercado, o que lhe garantiria uma forte parceria com outras grandes empresas do ramo como a Microsoft, Amazon e Google, que no futuro, também devem querer produzir seus próprios chips, e para isso, recorrerão aos componentes da TSMC e Samsung.

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *