Reta final de Escrava Mãe mantém vantagem sobre o SBT

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

A reprise de Escrava Mãe (2016) caminha para os momentos finais – Belaventura (2017), também escrita por Gustavo Reiz, vai assumir a faixa. Os índices de audiência, que claudicaram no início, estão satisfatórios há tempos. Nesta terça-feira (22), a novela da Record se colocou bem à frente do SBT.

No ar das 15h20 às 16h45, Escrava Mãe atingiu 5,8 pontos, 9,2 de pico e 11,8% de participação no número de televisores ligados (share). Neste período, 3,9 para o terceiro colocado. A Globo liderou com 14,1 de média. Os dados são referentes a Grande São Paulo.

O capítulo em questão destacou a intenção de Tito Pardo (Nill Marcondes) de voltar a Engenho do Sol. Juliana (Gabriela Moreyra), que viveu momentos de aflição enquanto cativa de Almeida (Fernando Pavão) e Maria Isabel (Thaís Fersoza), se posicionou contra a ideia.

Mais cedo, a Record perdeu para o SBT com Balanço Geral Manhã nacional (2,1) e local (3,9) e o Fala Brasil (4,1) – que, na próxima segunda-feira (1°), passará a contar com Mariana Godoy na bancada, ao lado de Sergio Aguiar. O Hoje em Dia assumiu a vice-liderança: 4,6 x 4,1.

O Balanço Geral SP também fechou em segundo lugar, com 8,5 pontos contra 5,3 do SBT. O Cidade Alerta, quando exibido para todo o país, anotou 4,6 x 5,6 com seus dois blocos frente 5,6 e 6 da Band. A versão local fechou na segunda posição, amealhando 7,9 de média.

O mesmo se deu com o Jornal da Record, que alcançou 9,1 versus 6 do terceiro colocado. A inédita Gênesis acumulou 12,7 x 6,5. Já Topíssima (2019), em reprise, bateu 6,2 x 6,1. A série Chicago PD – Distrito 21 consolidou 2,7 pontos. Troca de Esposas com Ticiane Pinheiro, por sua vez, emplacou 3,6 x 5,2 do SBT.

Duh SeccoDuh Secco

Duh Secco é  “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *