Remédio que bloqueia multiplicação da covid-19 é eficaz em testes com animais

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O remédio pode ser ainda mais eficaz que o americano remdesivir, segundo testes pré-clínicos

A plitidepsina, medicação usada no tratamento de câncer no sangue, se mostrou eficaz no bloqueio da multiplicação do novo coronavírus em testes realizados em camundongos.

O estudo, que diz respeitos aos resultados de fase pré-clínica, ou seja, quando um medicamento ainda não foi testado em humanos, mostra que a droga reduziu em cerca de 100 vezes a multiplicação do vírus e também evitou a inflamação nas vias aéreas.

O remédio, também conhecido como Aplidin, foi desenvolvido pela farmacêutica espanhola PharmaMar, e teria uma eficácia ainda maior que o antiviral remdesivir da americana Gilead, único medicamento aprovado contra a covid-19 até o momento.

O Aplidin ainda não foi aprovado para a comercialização no tratamento do câncer e foi rejeitado pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA). Contra a covid-19, o nome do remédio mudou para Aplicov.

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.
  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.


Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser
  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
  • Edição impressa mensal.
  • Frete grátis


Assine

palheta smll

4061028

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *