rapado – Origem e história por trás da expressão popular

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

A língua portuguesa consiste em um idioma riquíssimo, que apresenta um léxico bastante diversificado. Além disso, muitas de suas palavras e expressões possuem relação com a história e cultura do país. Logo, surgem as expressões populares, sendo uma forma de comunicação internalizada entre os falantes, permitindo o entendimento. Dessa forma, a língua portuguesa possui uma vasta quantidade de expressões, como por exemplo, a expressão popular pé-rapado.

Ademais, o termo pé-rapado se trata de alguma pessoa de origem humilde, ou pobre. Mas também, representa pessoas pobres que vivem na zona rural e andam descalços. Assim sendo, esse termo surgiu por volta do século 17, sendo popular até os dias atuais no Brasil.

Em suma, o termo se originou no período colonial do Brasil. Isto é, quando as pessoas ricas andavam a cavalo e as mais pobres andavam a pé. Por isso, os mais pobres acabavam sujando os seus pés na lama e tinham que raspar em um objeto metálico fixado ao chão na frente das portas ao entrar nos lugares. Por fim, originando o termo pé-rapado, usado até os dias de hoje.

O que é pé-rapado?

SB Coaching

A expressão popular pé-rapado consiste em um sinônimo de alguma pessoa de origem humilde, ou pobre. Ademais, esse termo se tornou conhecido por volta do século 17, e continua sendo bastante usado atualmente no Brasil. Em suma, pé-rapado representa um pobretão, principalmente aqueles da zona rural, que andam descalço.

Por isso, eram obrigados a rapar os pés para retirar a lama. Além disso, os dicionários consideram o termo pé-rachado com o mesmo significado de pé-rapado. No entanto, o pé-rachado se refere às rachaduras causadas nos pés por andar descalço ou sem conforto, o que acontece apenas com as pessoas mais humildes.

Origem da expressão

pe rapado origem e historia por tras dessa expressao popular
Argus Arquitetura

No período colonial do Brasil, era comum que as pessoas mais ricas andassem a cavalo, charrete ou liteira, enquanto que os mais pobres andavam a pé. Dessa forma, devido o chão não ser pavimentado, essas pessoas mais pobres acabava sujando seus pés na lama que havia no chão.

Por isso, as igrejas e prédios públicos da época tinham um objeto metálico instalado na calçada. Logo, as pessoas deveriam raspar a lama da sola dos sapatos nesse metal, para poder entrar em qualquer local. Então, com o tempo, as pessoas que precisavam passar por isso começaram a ser chamadas de pé-rapado.

Por outro lado, no início do século XVIII, durante a Guerra dos Mascates essa expressão popular também era utilizada. Em síntese, era usada para se referir de forma depreciativa às tropas da aristocracia ruralista. Pois, eles combatiam o exército português descalços, enquanto os portugueses usavam botas e uniforme militar. Por isso, a expressão pé-rapado se tornou sinônimo de pessoas humildes ou menos favorecida economicamente. E essa expressão se popularizou de tal forma que é usada até os dias de hoje.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Comida de pobre e comida de rico – Diferenças pelo mundo e pela história.

Fontes: Só Português, O Povo, Veja

Imagens: Argus Arquitetura, SB Coaching, Youtube

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *