Início ECONOMIA Queiroga critica “grande município” por possibilidade de 3ª dose contra covid – Hyper Finance

Queiroga critica “grande município” por possibilidade de 3ª dose contra covid – Hyper Finance

por Poder360
0 Já viram


O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, criticou um proclamação feito por “grande município” no que concerne a a possibilidade da emprego de 3ª ração de vacina contra a covid-19. A enunciação foi feita nesta 6ª feira (16.jul.2021) em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

“Agora um grande município do Brasil está anunciando 3ª dose. Como anunciar 3ª dose se a gente não avançou ainda na 1ª dose em 100% da população? Isso gera calor em vez de gerar luz, temos que ter os dados oriundos da ciência para tomar decisão”, disse o ministro sem referir o nome da cidade.

Queiroga reiterou que os municípios devem seguir as recomendações do PNI (Projecto Pátrio de Imunização) e “cumprir o que foi pactuado na tripartite”.

RIO DE JANEIRO

A Prefeitura do Rio anunciou na 5ª feira (15.jul) que analisa a premência de uma ração de reforço para idosos. Caso haja premência da 3ª emprego, os trabalhos começarão em outubro.

O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, reiterou que a emprego da 3ª ração em idosos ainda está em discussão. “É importante que a gente tenha uma avaliação científica”, disse o secretário de Saúde. Em concordância com ele, será analisado se há queda na isenção no grupo dos maiores de 60 anos.

A gente tem que garantir que essa população, que é uma população que tem mais dificuldade de imunizar, de produzir anticorpos, esteja devidamente imunizada”, falou. “Ainda faltam algumas análises, mas é importante que a Prefeitura se planeje.”

ANVISA

Anvisa (Escritório Pátrio de Vigilância Sanitária) disse que não há estudos conclusivos no que concerne a a premência de uma 3ª ração ou ração de reforço de vacinas contra covid-19 autorizadas no Brasil. Eis a íntegra da nota (132 KB).

A Anvisa vem acompanhando as discussões, as publicações e os dados apresentados sobre o surgimento de novas variantes do vírus Sars-CoV-2 e seu impacto na efetividade das vacinas. Até agora, todas as vacinas autorizadas no Brasil garantem proteção contra doença grave e morte, conforme os dados publicados”, lê-se na nota.

Os estudos querem investigar os efeitos de uma ração suplementar dos imunizantes contra a covid-19 são desenvolvidos pelos laboratórios farmacêuticos. Até o momento, a Anvisa recebeu 2 pedidos de autorização para pesquisas clínicas desse tipo: da Pfizer e da AstraZeneca.

Continuar lendo




Esse conteúdo pertence ao site:

Site: https://hyperfinance.com.br/

Para qualquer dúvida, sugestão, reclamação ou denúncias, envie um e-mail para:

contato@imoveweb.com.br

FONTE ORIGINAL

Olha essas aqui:

Deixe um Comentário

O Site iMove Web é um AGREGADOR DE CONTEÚDOS, onde buscamos por fontes seguras que permite em seus sites, o formato: RSS/FEED, como se trata de conteúdo de terceiros, prezamos por isso, e informamos no final de cada post a REAL FONTE do post, e ainda todos os posts aqui publicados, são mantidos na integra de cada autor, sem alterar um paragrafo ou link inserido na postagem, todos direitos de imagem, textos e vídeos são atribuídos ao autor original. Somos contra FAKE NEWS, caso você leitor, se depare aqui com alguma notícia FALSA ou ENGANOSA, por favor nos envie um e-mail denunciando esse post. E-mail: contato@imoveweb.com.br FECHAR

SOBRE NÓS