Que fofo! Astronauta deixa missão espacial para ir ao casamento da filha – 08/10/2020

0
5

Que fofo! Astronauta deixa missão espacial para ir ao casamento da filha – 08/10/2020

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Você faria qualquer coisa para não perder o casamento de seus filhos? É o caso do astronauta Chris Ferguson, que retirou-se da tripulação do voo de teste da nova nave espacial de passageiros da Boeing.

O detalhe é que Chris não era apenas um dos tripulantes, mas sim, o comandante do voo. Em seu Twitter, o astronauta avisou que teria um novo desafio.

“Estou assumindo uma nova missão que mantém meus pés plantados firmemente na Terra e prioriza minha equipe mais importante, minha família”, afirmou.

Em um vídeo, Ferguson disse que foi uma decisão difícil, mas “o próximo ano é muito importante para minha família”.

O agora ex-tripulante afirmou que tem vários compromissos e que não pode simplesmente arriscar perdê-los. De acordo com o site The Huffington Post, um porta-voz da Boeing confirmou que um deles é o casamento de sua filha.

Chris Ferguson foi ao espaço por três vezes pela Nasa. Segundo o The Verge, ele foi fundamental no desenvolvimento do Starliner, da Boeing, uma cápsula de tripulação construída de forma privada, projetada para transportar astronautas para a ISS (Estação Espacial Internacional).

“Estou apaixonado por este programa. Tenho sido dedicado desde o início. Eu absolutamente amo essa equipe. Gosto de fazer parte dela e tenho plena confiança de que será um veículo robusto e confiável nas próximas décadas. Isso não é um reflexo da minha crença no veículo”, disse ao The Washington Post sobre a Starliner.

Como ele não é mais funcionário da Nasa, caso fosse ao espaço comandando a aeronave da Boeing, ele teria se tornado o primeiro cidadão a voar em uma espaçonave particular para orbitar.

A agência espacial dos EUA acabou com a proibição de civis em foguetes rumo à estação espacial. Agora, a Boeing e a SpaceX, a outra empresa contratada para levar pessoas à ISS, têm trabalhado para convencer pessoas a pagarem dezenas de milhões de dólares por viagens até a órbita, segundo o The Washington Post.

Ao jornal, a Nasa disse que Chris Ferguson será substituído por Barry “Butch” Wilmore, um astronauta veterano que já voou duas vezes para o espaço e está em treinamento na cápsula da Boeing.

A Nasa e a empresa planejaram o primeiro voo da cápsula para 2020, mas o voo foi adiado devido a um problema com a programação. Além disso, esta é a segunda troca de tripulação da missão envolvendo a Starliner.

Segundo o The Verge, em dezembro de 2019 a cápsula foi lançada pela primeira vez rumo à Estação Espacial, mas sem tripulação a bordo. Nesse teste, a missão sofreu com falhas de software que levaram a empresa a trazer a cápsula para a Terra antes mesmo dela chegar à ISS.

Após uma longa investigação pela Nasa, a Boeing vem tentando implementar uma lista de 80 recomendações para garantir que não ocorram mais falhas nos próximos voos.

Ao The Washington Post, a Boeing disse que voltaria a testar um voo não tripulado em dezembro deste ano ou janeiro do ano que vem. Se tudo der certo nesse teste, o primeiro voo com astronautas a bordo ocorreria até meados de 2021.

FONTE ORIGINAL

0 0 vote
Deixa sua avaliação aqui
Comentários
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários