Programa que baixa vídeos do YouTube é derrubado do GitHub | Internet

0
12

Programa que baixa vídeos do YouTube é derrubado do GitHub | Internet

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

A indústria fonográfica iniciou uma ofensiva contra mais um programa usado para baixar músicas do YouTube. Desta vez, a medida envolveu o GitHub, que aceitou remover repositórios do YouTube-DL e de suas versões após um pedido da Associação Americana da Indústria de Gravação (RIAA, na sigla em inglês), que representa as principais gravadoras dos Estados Unidos e apontou uma violação de direitos autorais.

Aplicativo do YouTube (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Agora, os repositórios relacionados ao YouTube-DL no GitHub indicam que estão indisponíveis devido a uma solicitação via Lei dos Direitos Autorais do Milênio Digital (DMCA). A explicação ainda direciona os usuários para a íntegra do comunicado enviado pela RIAA à plataforma de desenvolvedores, disponível neste link.

Nele, a representante das gravadoras afirma que o código do YouTube-DL tem o objetivo claro de “contornar as medidas de proteção tecnológicas usadas por serviços de streaming autorizados, como o YouTube” e “reproduzir e distribuir vídeos musicais e gravações de som de propriedade de nossas empresas membros sem autorização para tal uso”.

Aviso do GitHub no repositório do YouTube-DL (Imagem: Reprodução/TorrentFreak)

Aviso do GitHub no repositório do YouTube-DL (Imagem: Reprodução/TorrentFreak)

A RIAA alega que a lei de direitos autorais dos EUA proíbe medidas que contornem proteções contra a violação desses direitos, o que tornaria o programa ilegal. A associação argumenta ainda que o código do software oferece exemplos de como baixar músicas de Icona Pop, Justin Timberlake e Taylor Swift, que têm contratos com Warner Music, Sony Music e Universal Music, respectivamente.

Apesar dos argumentos da associação, usuários do YouTube-DL se manifestaram contra a retirada de seus repositórios no GitHub. Eles apontaram que o program não é usado somente para a pirataria, mas também é uma ferramenta para quem deseja baixar o próprio conteúdo ou criar arquivos de vídeos que podem sair do ar a qualquer momento.

Site do YouTube-DL é atualizado

Em meio à pressão das gravadoras, o site do YouTube-DL foi modificado. Ele ainda permite baixar a versãomais recentes do programa, mas não conta mais com links para o GitHub, nem com nomes de seus desenvolvedores.

A situação do programa lembra a de sites que permitiam o download de vídeos e saíram do ar após ação das gravadoras. Um dos principais casos é o do YouTube-MP3, que para evitar maiores problemas na Justiça, fechou um acordo em que aceitou retirar o site do ar e entregar o domínio para as gravadoras.

Com informações: TorrentFreak, Engadget.

FONTE ORIGINAL

Deixe uma mensagem para esse post

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui