Presidente do Santos apoia paralisação do futebol: ‘Dói, mas precisamos parar’

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Apesar do prejuízo financeiro ao Peixe, clube que está afundado em dívidas, o mandatário acredita que a pausa seja o mais prudente a se fazer neste momento

ReproduçãoAndrés Rueda é o novo presidente do Santos

O assustador aumento na quantidade casos e mortes de Covid-19 no Brasil está gerando um polêmico debate no futebol: é necessário ou não interromper os campeonatos neste momento? Lisca, treinador do América-MG, desabafou e disse estar “apavorado” com a situação atual, pedindo que a Copa do Brasil 2021 não seja iniciada neste momento. Na última quinta-feira, 4, o presidente do Santos, Andrés Rueda, endossou o discurso do técnico e pediu para que as entidades responsáveis suspenda as competições em andamento .”O protocolo (do futebol) é coerente, mas, mesmo assim, a coisa foge do controle de uma maneira geral. E o futebol também tem que ter uma participação no sofrimento, isso dói, mas precisamos parar. Com dor no coração, a situação está nos assustando muito, estamos perdendo a sensibilidade, falamos de vidas que não têm sentido de serem perdidas. Qualquer medida para salvar uma vida vale”, disse o mandatário do Peixe, em entrevista à “Folha de S.Paulo”.

Apesar do prejuízo financeiro ao Santos, clube que está afundado em dívidas, o presidente acredita que a pausa seja o mais prudente a se fazer neste momento, em que o sistema de saúde brasileiro está colapsado. “É uma opinião muito pessoal minha. O Santos cumpre todos os protocolos, mas praticamente todo o elenco já pegou. Seria mais prudente, embora doa na carne, entrarmos em um período de paralisação. Suspender o campeonato mesmo, embora as entidades tenham tomado um cuidado excelente”, finalizou.

Por outro lado, Renato Gaúcho, comandante do Grêmio, e Richarlyson, meio-campista do América-RJ, foram contrários à paralisação. O treinador do time gaúcho, que renovou contrato nesta sexta-feira, acredita que o “futebol é o ambiente mais seguro” durante a pandemia, enquanto o ex-jogador do São Paulo detonou Lisca, chamando o técnico de hipócrita. 

FONTE ORIGINAL

Recomendado Posts

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *