“Parecia um estádio cheio em oração”

0
10

“Parecia um estádio cheio em oração”

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Enquanto estava em coma na UTI de um hospital em Missouri, nos EUA, Deus mostrou ao missionário Thomas Carpenter, de 55 anos, as orações que estavam sendo feitas por ele. Ele havia sido internado em março após graves complicações da Covid-19.

No silêncio de seu quarto no hospital Cox Medical Center, em Springfield, Thomas ouviu algumas vozes, mas aos poucos as orações começaram a se multiplicar. Ao compartilhar seu testemunho à AG News, ele disse que chegou a ouvir orações não só em inglês, mas em outros idiomas — inclusive na língua celestial.

Até que, entre os intercessores, Thomas ouviu a voz de sua esposa, Angelia, orando por ele. “Foi como se o Senhor jogasse um microfone na frente dela e eu a ouvisse dizer: ‘Senhor, por favor, cure meu maravilhoso marido, Thomas. Eu preciso dele’”.

Thomas e Angelia são missionários e líderes no ministério Special Touch, focado em pessoas com deficiência física. Thomas começou a sentir os primeiros sintomas do coronavírus em 6 de março, depois de fazer uma viagem missionária com sua esposa.

Quando começou a ter dificuldades para respirar, em 13 de março, Thomas foi levado ao pronto-socorro e foi submetido a um teste de Covid-19 e aguardou o resultado em casa. Ele foi testado positivo e internado em 18 de março, depois de piorar.

“Eu pensei, tudo bem, em algumas noites ele vai tomar um pouco de oxigênio e remédios, se sentir melhor e voltar para casa”, lembra Angelia. “Duas noites se transformaram em mais de um mês em um respirador”.

Um dia depois de ser internado, Thomas foi transferido para a UTI e um verdadeiro exército de oração começou a interceder por sua cura. Enquanto estava no leito do hospital, o missionário não viu o movimento formado pelas redes sociais, mas Deus decidiu mostrá-lo de maneira especial.

Em sua experiência enquanto estava em coma, Thomas lembra que ouviu como se fosse “um estádio cheio de seguidores de Cristo em oração”. Impulsionado também pela oração de sua esposa, ele começou a lutar internamente por sua cura.

“Isso me impediu de ter um pé no céu e outro na terra e me fez perceber que precisava colocar os dois pés na terra, para poder cuidar da minha esposa novamente”, ele conta. 

Quando voltou para casa, Thomas compartilhou sua experiência com Angelia, que nunca teve permissão para visitar o marido e fez as orações à distância. “Ela quase derreteu quando contei a ela sobre sua oração por mim”, disse o missionário.


Thomas Carpenter ao lado de sua esposa, Angelia. (Foto: Facebook/Angelia Carpenter)

Angelia comentou: “Eu fiquei tão chocada por ele recitar palavra por palavra do que eu orei! Eu falei: ‘Eu disse exatamente essas palavras!’ Ele disse: ‘Eu sei que você disse! Eu te ouvi!’”

Thomas e Angelia dizem que agora têm uma compreensão mais profunda do poder da oração. “Quando as pessoas dizem ‘tudo o que posso fazer é orar’, elas realmente não entendem o significado dessa oração”, diz ele. 

“Essas orações estão sendo derramadas continuamente diante do trono de Deus, e Deus ouve todas elas. Ele ouve, sejam elas feitas em silêncio, aos gritos ou aos berros. E todas elas soam iguais para o Senhor. Suas orações não são inúteis. Elas não estão batendo no teto. Você pode até não ver a resposta à sua oração imediatamente, porque eu com certeza não vi. Fiquei no hospital muito mais tempo depois de ouvir essas orações. Mas as orações são eficazes. Quando você se comprometer a orar, saiba que as suas orações são eficazes”, acrescenta.

FONTE ORIGINAL

0 0 vote
Deixa sua avaliação aqui
Comentários
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários