Oracle terá acesso ao código-fonte do TikTok

0
6
Investidores da ByteDance querem TikTok comprado por empresa dos EUA

Oracle terá acesso ao código-fonte do TikTok

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

A chinesa ByteDance dará acesso ao código-fonte do TikTok à empresa norte-americana Oracle. O aplicativo chinês foi quase banido pelo governo Trump no domingo (20), mas teve seu veto temporariamente adiado graças ao aval a um acordo entre a Oracle e o Walmart para administrar o TikTok.Agora, os EUA querem garantir que não haverá acesso aos dados dos norte-americanos por backdoors, os quais permitiriam ao governo chinês ou a outras entidades do país qualquer tipo de espionagem. A condição foi oferecida pela própria ByteDance, em um esforço para mostrar que existe segurança no uso do aplicativo de vídeos curtos. A iniciativa da empresa chinesa é uma tentativa de fechar um acordo de alto nível entre os países para permitir que o app permaneça presente no mercado americano. Caso a Oracle se certifique de que não há backdoors (espécie de ‘porta dos fundos’, uma vulnerabilidade de acesso) com a China ou com hackers, o governo americano permitirá que o aplicativo continue no país. ReproduçãoTikTok firmou acordo com a Oracle para permanecer nos EUA. Foto: XanderSt/ShutterstockAlém disso, o acesso ao código-fonte permitirá que a Oracle seja capaz de revisar as atualizações do TikTok. A versão americana do programa terá um conselho próprio e aprovado pelo governo, incluindo um diretor de segurança e um subcomitê de segurança composto por cidadãos americanos. Anteriormente, a mídia da China sugeriu que a empresa chinesa protegeria com muito cuidado o código-fonte por conta do algoritmo de recomendação. “A empresa [ByteDance] não distribuirá o código-fonte a nenhum comprador dos EUA”, disse uma fonte ao South China Morning Post.Quase banido dos EUAO Departamento de Comércio dos EUA emitiu uma ordem proibindo novos downloads do aplicativo TikTok a partir de 20 de setembro. Essa proibição poderia ser revogada caso a empresa chinesa e a Oracle assinassem antes o acordo.Para tentar banir, o governo Trump alegou que a TikTok representava uma ameaça à segurança nacional, por ser de propriedade da ByteDance, acusando-a de espionar para o governo da China. Por outro lado, o TikTok afirma que todos os seus dados globais de usuários estão armazenados em servidores americanos.O acordo estabeleceu que a Oracle foi escolhida como fornecedora de nuvem segura para a TikTok com um investimento minoritário. Ela terá uma participação de 12,5% no aplicativo. Já o Walmart concordou provisoriamente com a compra de 7,5% das ações do app. A ByteDance, empresa-mãe, ficará com os 80% restantes. Fonte: The Wall Street Journal

FONTE ORIGINAL

0 0 vote
Deixa sua avaliação aqui
Comentários
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários