O QUE FIZERAM COM O NEO EM MATRIX 4… – CULTURA WOKE #SHORTS



ASSISTA a este episódio completo:
https://youtube.com/live/FtMFYNd0NP4

🔪 CORTES DO PODCAST | Inteligência Ltda. https://www.youtube.com/channel/UCvmWNQH4c2T3Triih3lftiw

Contato: [email protected]

Quer mandar presentes para nós? A/C Rogério Vilela

CAIXA POSTAL
Caixa Postal: 81969
CEP: 05619-970
São Paulo – SP

#InteligenciaLtda #Podcast
———-

REALIZAÇÃO: Fábrica de Quadrinhos
ANFITRIÃO: Rogério Vilela | Siga no Instagram: @vilela
EDIÇÃO E DECUPAGEM: João Baroni
PRODUÇÃO: Rogério Vilela
PESQUISA: Fabio Mantoanelli
Inteligência Ltda
https://www.youtubepp.com/watch?v=fL5DOTouF5A

FONTE ORIGINAL DO VÍDEO

17 comentários em “O QUE FIZERAM COM O NEO EM MATRIX 4… – CULTURA WOKE #SHORTS”

  1. A cultura woke enfraquece o homem, transforma a figura masculina em algo patético, para que a figura feminina de forma forçada seja engrandecida, colocando sempre a mulher como superior ao homem. Não há nada de mal em fazer obras com mulheres fortes ou até mais fortes que homem, kill bill por exemplo é uma obra magnífica, onde temos uma protagonista forte e mais forte que muitos homens, já que o crescimento dela e a história de superação é algo que faz sentido e que não é forçado, fora que kill bill não força goela abaixo uma pauta feminista, e nem é uma obra misandrica ao contrário dessas obras lacradoras que claramente odeiam homens. Mulheres fortes sempre existiram, até na Bíblia temos vários exemplos de mulheres extremamente fortes, porém ninguém reclama delas pois o que estraga é forçação de barra e a ideologia esquerdista

    Responder
  2. Se você entendeu o filme, o Neo e a Trinity são aspectos complementares de uma mesma unidade. Neo é Trinity e Trinity é Neo. Um não pode deixar de existir se não pelo outro, ou o contrário: um existe pelo outro também existir. O filme tenta retratar estes aspectos sobre a dualidade e singularidade. Forças e princípios que fundamentam toda a realidade, desde o micro até o macro. No caso, também em relação a Neo e Trinity, discorre sobre o florescer, ou o despertar da consciência: o consciente e o subconsciente, ou as interações entre o objetivo e o subjetivo.
    Não tem nada a ver com a desconstrução do masculino, mto pelo contrário: o masculino se equilibra no feminino.

    Responder
  3. 19:22 o cara falou tão mal de faculdade no vídeo dos npcs e deu nisso, n sabe sequer oq é um método científico, num vídeo que ele tá falando de ciência. Pra comprovar uma teoria não é necessário empirismo, uma observação ou demonstração, não, é preciso de uma previsão

    Responder
  4. No começo do podcast esse cara se apresentou e disse que devido a presença do filósofo ele ia ficar quieto, mais ouvir que falar, falou mais que do que o irmão dele, o vilela e o professor juntos. Grande momento.

    Responder
  5. Eu entendo a revolta, a diretora esfregou na cara de voces o que vcs sao com esse extremismo todo, ng gosta de verdades sendo jogadas na cara, tinha que ter lutinha pra afagar minha criança interior kkkk

    Responder
  6. Os caras vão ver a trilogia de um um filme feito por duas mulheres trans, que segundo elas é uma completa referência à transexualidade e saem de la sentindo a sua masculinodade ameaçada.😏

    Responder

Deixe um comentário

ACHADINHOS BARATOS

Esse post pertence a esse canal

ACABOU DE CHEGAR