O que a JHSF quer com o novo Cidade Jardim Shops

0
37

O que a JHSF quer com o novo Cidade Jardim Shops

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Não, o Cidade Jardim Shops, que a JHSF inaugura no dia 5 de dezembro, não foi pensado para a pandemia nem adaptado por imposição dela. “Traçar estratégias de negócios tendo o momento atual como única base é um erro”, sustenta o presidente da companhia, Thiago Alonso de Oliveira. “O que nos move são as tendências de consumo, que vão continuar a existir. Já a pandemia uma hora vai acabar, embora ninguém saiba quando.”

O único reflexo do surto viral foi o atraso na inauguração, inicialmente prometida para maio. Mas que a novidade se mostra o shopping ideal para o chamado “novo normal”, mesmo que seja passageiro, não há dúvida. Erguido no mesmo quarteirão do hotel Fasano, no bairro paulistano dos Jardins, o novo centro comercial é repleto de jardins e terraços a céu aberto, que minimizam os riscos de disseminação do novo coronavírus.

Por outro lado, não há intenção de atrair multidões — são apenas 6.500 metros de área bruta locável, quase seis vezes menos do que o Shopping Cidade Jardim. Enquanto este último abriga 175 lojas, o Shops tem apenas 66, em geral menores do que aquelas que estamos acostumados a frequentar. Uma delas foi ocupada pela versão da Gucci dedicada a artigos para casa; outras duas, pelas grifes francesas Isabel Marant e Inès de la Fressange, que debutam no Brasil.

FONTE ORIGINAL

Deixe uma mensagem para esse post

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui