Nubank testa cartão de crédito sem modalidade rotativa

0
12
Nubank testa cartão de crédito sem modalidade rotativa

Nubank testa cartão de crédito sem modalidade rotativa

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

De acordo com Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank, desde o início do mês de outubro o banco digital vem fazendo testes que visam acabar com a modalidade de cartão de crédito rotativo para transformá-la em cartão de crédito parcelado com juros menores.A intenção principal é ajudar os usuários. “Percebemos que muitos clientes entram no crédito rotativo sem nem se dar conta. Ao cair no parcelado, a expectativa é que ele perceba o custo do crédito”, explicou Junqueira. A ideia é transferir automaticamente os usuários que não conseguirem pagar a fatura em dia para um crédito parcelado em até 12 vezes, o que deve levar a uma redução dos juros de 13% para 6% ou 7% ao mês.ReproduçãoCartão de crédito Nubank. Imagem: Miguel LagoaPor ora, foram incluídos na fase de testes da transição 150 mil clientes. O período de adaptação à transição deve terminar no primeiro trimestre de 2021.Vale lembrar que, desde 2017, o Banco Central do Brasil (BC) limita a modalidade rotativa do cartão de crédito a um período de 30 dias. Essa foi a saída que a instituição encontrou para impedir que o consumidor caia em uma dívida a qual não será capaz de pagar posteriormente. Após os 30 dias, o saldo devedor é parcelado automaticamente.Nubank aumenta limite para saque; entenda como o serviço é realizadoUma dúvida que grande parte dos clientes de bancos digitais tem é sobre o serviço de saque. Cada fintech, individualmente, monta as suas regras e define as cobranças da operação. No caso do Nubank, é possível realizar saques pelo débito e crédito com alguns custos adicionais.No cartão de débito, com o dinheiro disponível na NuConta, os clientes podem retirar o valor desejado, pagando uma taxa de R$ 6,50 por cada operação.A Nubank afirma que a taxa de saque se refere aos repasses que ela precisa fazer para custear o serviço junto às empresas que operam os caixas eletrônicos em todo o Brasil e no mundo. Ela é valida apenas para saques com cartão de débito.Já para os que desejam realizar o saque do limite do cartão de crédito, nada de taxa, mas, como a transação se configura como empréstimo, o cliente paga juros mensal de 9,75%.Via: Reuters

FONTE ORIGINAL

0 0 vote
Deixa sua avaliação aqui
Comentários
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários