RECEITAS

Nova série da Netflix revela legumes e frutas que vieram da África

Sabemos que uma das maiores heranças do período da colonização foi a mistura de costumes e, principalmente, dos hábitos alimentares. Durante todo o período escravocrata, os africanos trouxeram com eles novos modos de preparar as comidas e outros ingredientes para as Américas. E é isso que a nova série da Netflix “Da África aos EUA: Uma Jornada Gastronômica” vai abordar: uma viagem de Benin até o Texas. Quer saber mais sobre esse tema incrível e como é a primeira temporada? Vem com o TudoGostoso!

Nova série da Netflix revela legumes e frutas que vieram da África

Foto: Netflix

Nova série da Netflix: saiba mais no TudoGostoso

“High On The Hog” ou “Da África aos EUA: Uma Jornada Gastronômica” é a nova série documental que estreou dia 26/05 na Netflix. Baseada em um livro da autora Jessica B. Harris, a série mostra que a comida americana também é comida africana e como isso aconteceu. O chef e escritor Stephen Satterfield, que é quem apresenta, traz pratos e ingredientes que mostram como o continente influenciou a construção da América.

Dá uma olhada nesses ingredientes que encontramos todo dia nas feiras e não sabemos que foram trazidos junto com as pessoas escravizadas que chegaram aqui:

Quiabo

O quiabo é um dos muitos ingredientes vindos dessa herança cultural africana. De acordo com muitas pesquisas, ele tem seu surgimento mais especificamente na região da Etiópia. Com ele podemos preparar o famoso caruru, um prato que pode ser consumido sozinho ou como um dos principais acompanhamento do acarajé. Feito com quiabo e vários temperos e ervas, é uma receita incrível e prática!

Inhame

Também conhecido como cará, o inhame é um ingrediente trazido da África. Ele chegou aqui no Brasil, especificamente, através dos navios portugueses que trouxeram o tubérculo das ilhas de Cabo Verde e São Tomé. Ele é um dos principais alimentos de vários pratos na África central e muito usado aqui no Brasil também, em receitas como o chips de inhame e o purê de inhame.

Jiló

O jiló é originário da África ocidental, mas também supercultivado aqui no Brasil. Por ter um sabor mais amargo, o jiló não é muito querido pela maioria das pessoas, mas a gente garante que suas receitas são práticas e deliciosas! Esse fruto pode ser usado como recheio de tortas, para acompanhar sopas e caldos, ser frito e até cozido – uma versatilidade sem fim.

Feijão-fradinho

Conhecido como feijão-caupi, feijão-de-corda ou feijão-fradinho, esse ingrediente conseguiu chegar e se popularizar tanto aqui quanto no resto das Américas. Parente das favas, ele pode se parecer com a maioria dos feijões, mas talvez seja o mais diferente deles. Com ele conseguimos preparar pratos que são destaque na maioria das religiões afro-brasileiras, como o abará. Feito com feijão fradinho moído, ele é um bolinho bem temperado e normalmente servido na folha de bananeira!

Mistura brasileira

Mas não foi só nos EUA que aconteceram essas misturas culturais e gastronômicas. Por toda a América e, principalmente, no Brasil a culinária africana tem raízes muito fortes, tanto em ingredientes quanto em pratos e receitas. Conseguimos ver isso claramente por todo o país, especialmente, quando falamos das áreas do Nordeste. Confere com a gente as frutas e ingredientes que são característicos da nossa culinária e vieram da África:

Coco

O coco, na verdade, é uma fruta originária da Ásia, mas ele chegou aqui no Brasil através dos africanos que já o conheciam. Com ele podemos preparar uma gama de receitas e pratos, principalmente doces como a cocada e o quindim.

Banana

Cultivada por muitos anos na África, a banana também chegou no Brasil na época da colonização. Se adaptaram bem ao nosso clima e hoje fazem parte da nossa culinária, participando de pratos salgados e doces. De todas as espécies e derivações, apenas a banana-da-terra é realmente nativa do nosso país. Com ela podemos preparar muitas delícias, mas as nossas preferidas são doce de banana e a torta banoffe!

Melancia

A melancia também é originária da África, mas hoje aparece quase que de forma espontânea por vários lugares no Brasil. Por ter um volume muito grande de água, ela é a pedida perfeita para o preparo de sucos e vitaminas, mas o brasileiro gosta mesmo é de consumir in natura depois de um dia de sol.

Pimentas

As pimentas no geral foram introduzidas na nossa alimentação por meio da culinária africana e indígena. Muitas pessoas na época da colonização já misturavam pimentas (tanto secas quanto in natura) em farinhas e nos mais diversos pratos. Hoje, ela é um dos temperos mais importantes e presentes na nossa cozinha, dando sabor a receitas como moqueca e mocotó.

Amendoim

Levado para a África Ocidental, o amendoim ficou muito comum por toda a região africana ainda no século 17. Também foi trazido com os escravos, que acabaram expandindo o cultivo por toda a América até chegar aqui no Brasil. O amendoim é um ingrediente muito versátil que podemos usar tanto em receitas doces como salgadas. Ele fica ainda mais brasileiro na época das festas juninas, onde aparece em pratos como o pé-de-moleque e o amendoim doce.

Azeite-de-dendê

O azeite-de-dendê é produzido através da polpa de uma palmeira (o dendezeiro) de origem africana. O fruto chegou através dos navios e foi plantado, principalmente, em Salvador. Hoje esse azeite é um dos ingredientes mais importes na culinária baiana, dando mais sabor a receitas como o vatapá e o acarajé.

Ficou curioso e com vontade de experimentar algumas dessas delícias? Corre para a cozinha e faça aí na sua casa hoje mesmo! 

Um acarajé recheado

Foto: Shuttertsock

Saiba como preparar pratos deliciosos e afro-brasileiros

Veja outras receitas maravilhosas:

Acarajé

Sua fama e seu sabor ultrapassou a Bahia, o acarajé é uma receita que pode ser preparada por todos! Feito com feijão fradinho, ele é um bolinho delicioso frito no azeite-de-dendê.

Quibebe

Feito com abóbora, o quibebe nada mais é que um delicioso purê servido, normalmente, com pedaços de carne ou frango para acompanhar.

Xinxim

Mais um prato típico baiano, o xinxim é feito com pedaços de galinha e vários temperos. Com um sabor forte, ele conquista qualquer um!

Feijoada

E, por último, uma das receitas mais famosas e adoradas: a feijoada é um dos pratos mais afrobrasileiros que temos. Feita com diversos tipos de carne, o feijão fica muito bem temperado e é sempre acompanhada de couve e pedaços de laranja.

A série é uma ótima opção para quem gosta de conhecer mais sobre gastronomia e o surgimento das receitas, são 4 episódios para você se deliciar com vários pratos incríveis!

Veja mais:

Moacir Santana, do Mestre do Sabor, conta como é ser um chef negro no Brasil

Receitas afro-brasileiras: veja essa lista maravilhosa e cheia de sabor

Esse conteúdo pertence ao site:

Site: www.tudogostoso.com.br

Para qualquer dúvida, sugestão, reclamação ou denúncias, envie um e-mail para:

contato@imoveweb.com.br

FONTE ORIGINAL

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Para continuar navegando nesse site, DESATIVE o seu sistema de bloqueio de propagandas, o nosso site se mantêm com elas, porém nada de abuso na exibição, prometo que sua navegação será LIVRE sem incômodos. Obrigado pela visita :)