Nos EUA, indústria gamer ajuda a pagar contas do governo

Nos EUA, indústria gamer ajuda a pagar contas do governo

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

De acordo com um relatório da Entertainment Software Association, uma associação comercial americana, a indústria gamer provocou um impacto importante na economia dos Estados Unidos. Em 2019, o setor movimentou cerca de 40,9 bilhões de dólares (cerca de R$ 213 bilhões) e foi responsável por criar 143.045 vagas de empregos diretos.

O levantamento mostra que, em todo o país, a Califórnia é o estado que mais possui sedes de empresas de games, com mais de 25 mil. Washington e Flórida aparecem na sequência, com média de 20 mil cada.

Esses números incluem toda a cadeia que envolve o universo dos jogos eletrônicos, desde o desenvolvimento até a venda do produto, efetivamente. Como uma importante participação no resultado, o relatório destaca a participação do mercado varejo, que faz a venda dos produtos.

O setor também ressalta que, deste montante, repassou cerca de 12,6 bilhões de dólares (cerca de R$ 62 bilhões) aos cofres públicos como pagamento de impostos, sendo que 8 bilhões foram destinados ao governo federal e 4 bilhões aos estados e municípios.

Para Stanley Pierre-Louis, CEO da ESA, destacar o montante de tributos pagos é crucial, porque mostra aos governos como a indústria de games contribui para a sociedade, para o entretenimento e para a cultura.

“O impacto econômico acaba sendo muito importante para os formuladores de políticas, quando pensamos sobre onde eles envolvem nossa indústria e onde priorizam isso”, afirma.

Em razão da pandemia, o setor espera um faturamento ainda maior em 2020. Foto: Ca-ssis/iStock

Indústria gamer espera ainda mais para 2020

De acordo com especialistas, em razão da pandemia do novo coronavírus, os resultados da indústria gamer em 2020 deve ser ainda melhor. Isso porque muitas pessoas encontraram nos jogos um meio de se entreter durante o isolamento social, adotado em várias partes do mundo.

Eles também afirmam que a indústria está contribuindo, cada vez mais, com demais áreas da tecnologia, como a inovação em computação, desenvolvimento de softwares e programação de sistemas. Tudo isso esbarra em outras áreas da economia.

Perfil do jogador americano

Além dos dados financeiros captados pelo levantamento, também foi mapeado o perfil e o comportamento do jogador norte-americano. O estudo evidenciou que 75% das famílias americanas possuem, pelo menos, um jogador dentro de casa.

Apesar de a idade média do perfil ficar entre 35 e 44 anos, 70% das crianças americanas jogam algum tipo de game. Em relação ao gênero, os homens foram 59% dos jogadores em 2019.

Fonte: Venture Beat

O post Nos EUA, indústria gamer ajuda a pagar contas do governo apareceu primeiro em Olhar Digital.

FONTE ORIGINAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *