Na economia nada acontece independentemente



Não faz muito sentido analisar apenas uma política econômica e decretar que ela determina o teor do país e seu futuro. É bem verdade que algumas políticas são tão burras que podem sim destruir um país sozinhas, mas isso é raro.

A verdade é que tudo acontece junto de tudo. Um país pode ser muito protecionista mas ter um mercado interno extremamente livre e com baixos impostos. Um país pode ter welfare e ser pró-empreendedor. Um país pode ter uma carga tributária alta, mas fora isso ser um paraíso de empreendedorismo.

O importante é entender que fatores são benéficos e quais são maléficos, e por que. É impossível isola-los no mundo real e derivar equações, mas assim como ninguém diria que cachaça faria um jogador de futebol ser melhor, não tem sentido dizer que um país prosperou por causa do intervencionismo.

Quer saber mais sobre bitcoin?

Onde comprar:
http://www.foxbit.com.br

Blog FOXBIT:
http://www.foxbit.com.br/blog

Canal da FoxBit:
https://www.youtube.com/channel/UC0F16q5QzJx7oIWoC5arEtg

Quer saber mais sobre Dash?
https://telegram.me/dashbrasil
https://www.dash.org/

Camisetas:
http://bit.ly/TomandoPartido-IR

Seja um apoiador do canal!
https://apoia.se/ideiasradicais
Bitcoin: 1Kceqou4KDdmJNREAzvv9GD3JB2WbvohqJ
Dash: XniH4xyvwSuw79BFLiDJmSa4hsK3rehNM2

Vinheta: Henrique Silvério ([email protected])

Contatos:
Fanpage: https://www.facebook.com/ideiasradicais
Twitter: https://twitter.com/ideias_radicais
Anuncios/Mech: [email protected]
Ideias Radicais
https://www.youtubepp.com/watch?v=9K6xqi02iLI

FONTE ORIGINAL DO VÍDEO

O que você achou desse post?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

34 comentários em “Na economia nada acontece independentemente”

  1. Nossa meu, eu realmente preciso falar de libertarianismo pelo menos uma vez por dia. Como isso é bom. Isso realmente me faz bem. Hoje refutei um esquerdista, é saudável isso, pra nós dois. Talvez eu esteja ficando chato, whatever.

    Responder
  2. E é por isso, que completados 35 anos da minha vida. Onde desde os 14 anos sempre desenhei e tinha como objetivo trabalhar com HQ, mudei de planos e ando muito apaixonado por economia. É uma área de conhecimento que pode mudar a vida das pessoas, além de ser primordial para o progresso pessoal.

    Responder
  3. Na minha humilde opinião para o brasil voltar a crescer ele precisa

    1 – Reduzir os gastos de toda sua estrutura.

    2 – cortar os super salários que hoje já são mais de 30% de toda receita arrecadada

    3 – reduzir impostos para pequenos, médios e grandes empresários.

    4 – desburocratizar o pais, facilitar a abertura de empresas

    5 – investir em educação de qualidade, oferecendo o ensino superior gratuito.

    6 – vender todas as empresas estatais.

    7 – Não intervir na economia

    8 – criar o imposto único para empresas.

    9 – reduzir o importo para produtos importados, para assim gerar concorrência com produtos nacionais.

    10 – deixar o tempo passar

    Responder
  4. Porque voce nao participa de um debate com Leonardo Stoppa?
    Ele esta desafiando um neoliberal ou defensor da escola austríaca a meses para debater com ele mas nao aparece um

    Responder
  5. Para o órgão dos EUA, é o "maior caso de suborno internacional na história".Em acordo de leniência firmado com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, derivado das investigações da Lava Jato, a Odebrecht admitiu ter pago em propina US$ 788 milhões entre 2001 e 2016 e a Braskem, US$ 250 milhões entre 2006 e 2014, representantes de funcionários e partidos políticos do Brasil e de outros 12 países. O QUE É A QUEDA DA ODEBRECHT NA AMÉRICA LATINA ???

    Responder
  6. A Promotoria do Peru pediu nesta terça-feira (7) a prisão preventiva por 18 meses do ex-presidente Alejandro Toledo, que comandou o país entre 2001 e 2006, acusado de ter recebido US$ 20 milhões em propina da construtora brasileira Odebrecht.Toledo é acusado pelos crimes de tráfico de influência e lavagem de dinheiro por ter recebido propina para favorecer a Odebrecht.O presidente do Conselho de Ministros do Peru, Fernando Zavala, anunciou nesta quarta-feira (28) mudanças na lei de licitações no país para excluir a Odebrecht e outras empresas ligadas à corrupção de obras públicas. O Panamá já havia anunciado a mesma decisão ontem.

    Responder

Deixe um comentário

ACHADINHOS BARATOS

Esse post pertence a esse canal