Morte de Rieli é face sombria do desmatamento, dizem pesquisadores

0
7

Morte de Rieli é face sombria do desmatamento, dizem pesquisadores

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

A morte nesta semana do indigenista Rieli Franciscato, coordenador de uma das frentes da Fundação Nacional do Índio (Funai), é resultado do cenário nebuloso de preservação ambiental e das ameaças aos indígenas brasileiros, disseram pesquisadores após a tragédia.

O indigenista tomou uma flechada no peito nesta quarta-feira após encontrar com índios conhecidos como “Isolados do Cautário”, no município de Seringueiras, em Rondônia. Franciscato era um dos membros mais respeitados da Funai e liderava a Frente de Proteção Etnoambiental Uru-Eu-Wau-Wau.

A região é palco de conflitos e disputa por terra. Em participação no podcast da Unesp (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho), a pesquisadora indigenista Maíra Ribeiro disse que o grupo de indígenas vinha se aproximando desde junho de uma comunidade rural no município.

“Essa atividade incomum do grupo ligou o alerta de que estes podiam estar fugindo das ameaças ao seu território, como grilagem de terra, garimpo, extração de madeira e pesca ilegal”, diz Ribeiro, que é pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial na América Latina e Caribe da Unesp.

FONTE ORIGINAL

0 0 vote
Deixa sua avaliação aqui
Comentários
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários