Mídia e Marketing #75: Marcio Fabbris, VP de marketing e vendas da Vivo – 09/03/2021

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O Brasil já tem mais de um aparelho celular por habitante. Como é lidar com os anseios e as expectativas dos clientes? E a tecnologia se tornou um serviço mais do que essencial durante a pandemia. O que as operadoras fizeram pelos clientes nesse período?

O podcast Mídia e Marketing conversa, esta semana, com Marcio Fabbris, vice-presidente de marketing e vendas da Vivo – os programas, agora, também são exibidos em vídeo (veja acima). O executivo também conta sobre a parceria de longa data com Ivete Sangalo e a mais recente, com o DJ Alok.

“A gente busca trabalhar com personalidades que se identificam com a marca”. Trabalhamos com a Ivete (Sangalo) há muitos anos. No começo, era a representação dela, acessível, com presença em qualquer classe social. Recentemente fizemos uma parceria de cocriação com o Alok, destinado aos jovens”, declara o executivo (no arquivo acima, este trecho está a partir de 16:15).

Fabbris conta como o comportamento de conectividade do consumidor mudou com a pandemia. “Antes, ela era mais baseada no smartphone. Agora, a conexão dentro de casa ganhou um protagonismo muito grande. Do dia para a noite, as pessoas passaram a precisar da conectividade para atividades fundamentais, com muito mais pessoas dentro de casa, na mesma rede. Nosso lema é digitalizar para aproximar”, diz (a partir de 1:11).

E como ficam as campanhas das operadoras que pediam para as pessoas se “desconectarem”? O executivo explica: “Fomos pioneiros numa campanha que a gente convidava nossos clientes a se desconectarem. Mas, agora, sabemos que a digitalização é super importante para o progresso do país. Antes, nossas campanhas eram ‘on e off’. Agora, ela é ‘on'”, afirma (a partir de 7:02).

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição. Você pode ouvir Mídia e Marketing, por exemplo, no Spotify, na Apple Podcasts e no YouTube.

FONTE ORIGINAL

Recomendado Posts

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *