‘Maravilhosa Graça’ pode se tornar hino estadual do Tennessee

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O estado americano do Tennessee poderá ter como hino estadual a canção “Amazing Grace” (em português “Maravilhosa Graça”), escrita no século 18 por John Newton, um ex-traficante de escravos que se converteu ao cristianismo e se tornou um pastor anglicano.

A proposta foi apresentada em 11 de fevereiro pelo deputado estadual Mike Sparks e pela senadora Raumesh Akbari. Depois de ser apresentado na Câmara, os projetos de lei HB 0938 e SB 1416 foram atribuídos ao Comitê de Nomeação e Designação. 

Muitos artistas que têm conexões com o Tennessee cantaram a música, como Elvis Presley, Garth Brooks e Willie Nelson. No entanto, eles escolheram a versão interpretada por Dolly Parton.

“Maravilhosa graça, como é doce o som que salvou um miserável como eu. Eu estava perdido, mas agora fui encontrado, estava cego, mas agora eu posso ver”, diz a letra da música.

Argumentando que o Tennessee “deveria reconhecer canções de significado histórico que influenciaram o estado”, os legisladores fazem referência à fé cristã de Newton, sua denúncia da escravidão e seus esforços para apoiar a abolição da escravidão.

“John Newton lutou contra a tentação dos lucros obtidos por mercadores e escravistas e contra a incerteza quanto à sua crença religiosa durante as primeiras duas décadas de sua vida”, observa o texto. 

O texto do projeto conta ainda a história de conversão de Newton. Depois de um curto tempo na Marinha Real Britânica, John Newton iniciou sua carreira como traficante de escravos. 

Certo dia, durante uma de suas viagens, o navio de Newton foi fortemente afetado por uma tempestade. Em resposta, ele começou a orar pela misericórdia de Deus e testemunhou a tempestade diminuir. 

No caminho de volta à Inglaterra, Newton começou a ler a Bíblia e outros livros religiosos e se converteu ao cristianismo ao embarcar no país, em 1748. Ele resolveu abandonar o tráfico de escravos e tornou-se cristão, o que o levou a compor a canção “Amazing Grace”.

O projeto de lei explica destaca o hino cristãos como uma das “canções mais célebres da história moderna”.

No epitáfio de Newton, escrito por ele mesmo para seu túmulo, está escrito: “Uma vez um infiel e libertino, foi pela rica misericórdia do nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo, preservado, restaurado, perdoado, e chamado para pregar a fé que ele procurara por muito tempo destruir”.

FONTE ORIGINAL

Recomendado Posts

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *