Igreja que abriga cristãos é atacada na Armênia

0
16

Igreja que abriga cristãos é atacada na Armênia

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Catedral de Ghazanchetsots em Shushua, na Armênia, foi bombardeada.

A Catedral de Ghazanchetsots em Shushua, na Armênia, foi alvo de diversos bombardeios na semana passada. Ela abriga cristãos da região de Nagorno Karabakh, um território de disputa entre a Armênia e o Azerbaijão, onde a violência tem aumentado devido aos muitos conflitos.

O primeiro ataque ocorreu no dia 8 de outubro e, felizmente, não deixou feridos. Em um segundo bombardeio, algumas horas depois, 10 pessoas ficaram feridas, entre elas, três jornalistas.

Nos ataques foram usados mísseis guiados e drones. Os cristãos acreditam que as motivações sejam religiosas, já que o armamento usado era de alta precisão e a igreja não seria bombardeada por engano.

As autoridades armênias acreditam que o ataque partiu de um grupo extremista do Azerbaijão, mas os radicais negaram a autoria do incidente. O Ministério da Defesa do Azerbaijão disse que o exército “não tem como alvo edifícios e monumentos históricos, culturais e, especialmente, religiosos”. Dois dias depois, mísseis atingiram uma área residencial na cidade de Ganja, Azerbaijão, deixando sete mortos.

A luta entre os dois países pelos direitos territoriais de Nagorno Karabakh, resultou na morte de pelo menos 500 pessoas, incluindo mais de 60 civis. Embora a região seja controlada por armênios, que são cristãos em sua maioria, o território é reconhecido como parte do Azerbaijão, país de maioria muçulmana.

“Embora o conflito não seja principalmente sobre religião, os cristãos serão fortemente afetados”, relatou uma testemunha local.

Fonte: Portas Abertas


FONTE ORIGINAL

Deixe uma mensagem para esse post

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui