Igreja disponibiliza 1.200 voluntários para ajuda humanitária em Manaus

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Diante da crise de saúde no estado do Amazonas, a Igreja Universal do Reino de Deus mobilizou seus voluntários para oferecer ajuda emergencial à população de Manaus.

Mais de 1.200 voluntários têm feito parte da ajuda humanitária, que tem atendido da capital, Manaus, ao interior do estado.

A cidade vive uma gravíssima emergência sanitária, decorrente do aumento expressivo dos casos de Covid-19, que levaram ao colapso do sistema hospitalar do município. O principal problema é a falta de cilindros de oxigênio para o tratamento dos doentes mais graves, além de outros insumos.

A ajuda dos voluntários teve início pelo Hospital 28 de Agosto — que possui o maior pronto socorro do estado — e depois percorreu outras unidades hospitalares da capital para entregar donativos e prestar assistência social e emocional a profissionais da saúde e familiares de pacientes.

Foram doados itens essenciais para o atendimento médico, como 5 mil pares de luvas cirúrgicas, 3 mil máscaras e mil toucas.

Outro auxílio essencial que os voluntários da Universal estão proporcionando é o transporte, em caminhões e caminhonetes, de cilindros de oxigênio para famílias que não tem meios para realizar a entrega nos hospitais. Cada cilindro de 10m³ pesa 59 kg.

Situação crítica

“A realidade está bem crítica. São muitas pessoas precisando de atendimento, do socorro rápido e, realmente, o sistema de saúde daqui colapsou. O que mais estão precisando são luvas cirúrgicas, máscaras, aventais, toucas, propés e água mineral”, explica o Bispo Edson Dieter de Oliveira, responsável pela Universal no Amazonas.

Voluntários levam ajuda humanitária a hospitais. (Foto: Reprodução / Record TV)

De acordo com o bispo, foram montadas tendas para prestar atendimento emocional, distribuição de água mineral e alimentação em frente aos hospitais mais necessitados.

Nos próximos dias, continuará a distribuição de equipamentos para os profissionais de saúde e a ajuda humanitária aos doentes e seus familiares. Fiéis da Universal, empresários e comerciantes estão se prontificando a ajudar.

“É de extrema importância prestar apoio às pessoas neste momento tão complicado em nosso estado. O amor ao próximo arde dentro de nós. Vivemos um cenário de guerra nos hospitais. Sinto-me gratificado, tem sido doloroso para muitas pessoas. Continuarei a dar o meu melhor, pois fico feliz em poder levar força para os que mais tem necessitado”, relata o voluntário Leandro da Silva, 32 anos, professor.

Durante as ações, os voluntários da Universal respeitam todas as recomendações sanitárias para evitar o contágio e a propagação do novo coronavírus.

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *