Igreja batista doa mais de US$ 1 milhão em dízimos para ajudar necessitados, nos EUA

0
16

Igreja batista doa mais de US$ 1 milhão em dízimos para ajudar necessitados, nos EUA

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

A Igreja Batista Alfred Street vai doar mais de US$ 1 milhão em dízimos excedentes. (Foto: Alfred Street Baptist Church)

Uma das maiores e mais antigas igrejas afro-americanas dos Estados Unidos, a Igreja Batista Alfred Street, anunciou a doação de mais de US$ 1 milhão em dízimos excedentes para ajudar pessoas afetadas pela pandemia do coronavírus.

A doação é parte de uma iniciativa chamada “Dízimo do Dízimo”, que visa beneficiar algumas organizações que atendem comunidades vulneráveis em Alexandria, no estado de Virgínia.

O Rev. Howard-John Wesley, pastor sênior da igreja de 10.000 membros, disse que ficou inicialmente preocupado com o impacto financeiro da pandemia na vida da igreja. “Nossa doação diminuiria? Sem as pessoas no prédio, conseguiríamos apoiar o ministério? Teríamos que despedir as pessoas?”

“Nas primeiras duas semanas de adoração online, nossas doações aumentaram quase 25-30%. Eu realmente senti o Senhor dizendo: ‘Agora, o que você vai fazer com esse excedente?’”, acrescentou Wesley. “O excedente que Deus deu foi uma oportunidade de não fazer reservas bancárias, de não acumular em nossas próprias contas, mas somos obrigados a doar. E foi então que o Dízimo do Dízimo veio ao meu espírito”.

O Rev. Sedric Roberts, responsável pelo departamento de finanças, disse que quando os membros souberam o que estava sendo feito com os dízimos, passaram a doar mais. “O que aprendi é que quando você abre as mãos para Deus, Deus pode te abençoar. Ele pega com a mão aberta e Deus dá com a mão aberta”, disse Roberts.

Várias organizações das áreas de saúde, educação e auxílio social foram beneficiadas. Igrejas menores que tiveram que fechar durante a pandemia também foram alvo da generosidade da Igreja Batista Alfred Street.

“Existem igrejas menores que ministram às pessoas de maneiras reais e relevantes que não têm os recursos [que nós temos]”, disse Wesley. “Então, uma das coisas que vamos fazer é pegar alguns desses 10% e identificar uma igreja e/ou organização toda semana e fazer uma doação para eles. E isso porque não somos concorrentes, somos irmãos e irmãs no mesmo trabalho e queremos apoiar a todos sem amarras”.

Fonte: Guia-me com informações de The Christian Post


FONTE ORIGINAL

Deixe uma mensagem para esse post

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui