Hacker vaza dados da Ledger e levanta debate sobre segurança de hardware wallets

0
30

Hacker vaza dados da Ledger e levanta debate sobre segurança de hardware wallets

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

A custódia de criptoativos é uma das questões mais delicadas — e complexas — deste mercado. No último domingo (20), o debate voltou à tona com o vazamento de dados de milhares de usuários da Ledger, hardware wallet (carteira física, semelhante a um pen drive) que sempre foi considerada uma das formas mais seguras de guardar os ativos digitais.

Apesar de não ter acesso aos dados das carteiras propriamente ditas, como chaves privadas ou outros dados de acesso, o hacker por trás da ação divulgou informações confidenciais privadas que estavam armazenadas online. Foram vazados mais de 1 milhão de endereços de email registrados na newsletter da Ledger, além de dados pessoais de mais de 272 mil pessoas que compraram uma carteira Ledger recentemente, incluindo emails, endereços físicos, números de telefone e outras informações.

As carteiras físicas de criptoativos, que têm na Ledger e na Trezor suas duas principais marcas, sempre foram apontadas como a opção mais segura porque, diferentemente das wallets online e das exchanges, não podem ser invadidas ou fechadas. É, segundo especialistas, uma das únicas formas de realmente ter a posse dos próprios criptoativos, sem depender de terceiros.

FONTE ORIGINAL

Deixe uma mensagem para esse post

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui