Geografia política: Evolução e principais campos de estudo

0
10

Geografia política: Evolução e principais campos de estudo

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

A geografia política, também conhecida como geopolítica, é o ramo que estuda a distribuição espacial dos processos políticos e como eles se impactam pela localização geográfica de uma pessoa.

Frequentemente estuda eleições regionais e nacionais, relações internacionais, assim como a estrutura política de diferentes áreas com base na geografia.

Vale a pena conhecer mais detalhes da área para conseguir relacionar os inúmeros conteúdos no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), vestibular ou então no concurso.

Afinal, temas referentes aparecem muito em questões de atualidades, história e geografia de modo geral.

História

O desenvolvimento da geografia política começou com o crescimento da geografia humana como uma disciplina geográfica separada da geografia física.

Os primeiros geógrafos humanos frequentemente estudavam o desenvolvimento político de uma nação ou local específico com base nos atributos físicos da paisagem. Em muitas áreas, a paisagem foi pensada para ajudar ou impedir o sucesso econômico e político e, portanto, o desenvolvimento das nações.

Um dos primeiros geógrafos a estudar essa relação foi Friedrich Ratzel. Em seu livro Politische Geographie , de 1897 , Ratzel examinou a ideia de que as nações crescem política e geograficamente quando suas culturas também se expandem e que as nações precisam continuar a crescer para que suas culturas tenham espaço suficiente para se desenvolver.

Teoria Heartland

A Teoria do Heartland de Halford Mackinder foi outra das primeiras teorias da geografia política.

Você Pode Gostar Também:

Em 1904, Mackinder, um geógrafo britânico, desenvolveu essa teoria em seu artigo, “The Geographical Pivot of History”. Mackinder disse que o mundo seria dividido em um Heartland consistindo de Europa Oriental, uma Ilha Mundial composta pela Eurásia e África, Ilhas Periféricas e o Novo Mundo. Sua teoria dizia que a era da safra estava terminando e que quem controlasse o interior controlaria o mundo.

As teorias de Ratzel e Mackinder permaneceram importantes antes e durante a Segunda Guerra Mundial. A Teoria Heartland, por exemplo, influenciou a criação de estados-tampão entre a União Soviética e a Alemanha no final da guerra.

Na época da Guerra Fria, suas teorias e a importância da geografia política começaram a declinar e outros campos da geografia humana começaram a se desenvolver.

No final dos anos 1970, entretanto, a geografia política começou a crescer novamente. Hoje, o setor é considerado um dos ramos mais importantes da geografia humana.

Aliás, muitos geógrafos renomados contemporâneos estudam uma variedade de campos relacionados com processos políticos e geografia.

Campos da Geografia Política

Alguns dos campos da geografia política atual incluem, mas não estão limitados a:

  • O mapeamento e estudo das eleições e seus resultados
  • A relação entre o governo nos níveis federal, estadual e local e seu povo
  • A marcação de fronteiras políticas
  • As relações entre as nações envolvidas em agrupamentos políticos supranacionais internacionais, como a União Europeia

As tendências políticas modernas também têm impacto na geografia política e, nos últimos anos, subtópicos focados nessas tendências se desenvolveram na geografia política. Isso é conhecido como geografia política crítica e inclui geografia política focada em ideias relacionadas a grupos feministas e questões gays e lésbicas, bem como comunidades jovens.

E então, gostou de conhecer melhor o que compõe a geografia política? A área sempre marca presença em provas de vestibulares, ENEM e concursos. Afinal, muitos dos temas atuais provêm das relações entre países e governos.

Leia também – Geografia: Conceitos importantes sobre Globalização

FONTE ORIGINAL

0 0 vote
Deixa sua avaliação aqui
Comentários
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários