Fusão entre Lojas Americanas e B2W facilitará novas aquisições, diz CEO

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O presidente da Lojas Americanas, Miguel Gutierrez, comentou nesta sexta-feira a possibilidade de combinação entre Lojas Americanas e B2W. “É um assunto que discutimos frequentemente. Entendemos que, com todos os avanços que tivemos em 2020, esse é o momento certo de fazer isso. Com isso poderemos acelerar muito o atendimento e a satisfação dos nossos clientes tornando nossa companhia mais simples e mais ágil”, disse o executivo em teleconferência com analistas para comentar os resultados da companhia no ano de 2020.

É hora de seguir investindo em ações de varejo/finanças/construção/educação? Monte a melhor estratégia com os especialistas da EXAME Invest Pro

Divulgado no mês passado, o estudo para uma possível fusão entre as duas companhias é esperado com ansiedade pelo mercado. As ações da Lojas Americanas dispararam de 20% após a notícia. A Lojas Americanas detém 62% da B2W, companhia que reúne Americanas.com, Submarino e Shoptime.

Gutierrez comentou ainda que a possível junção entre as companhias não paralisa outros projetos de aquisições e inclusive simplificará futuros M&As. Isso porque, com as companhias separadas – Lojas Americanas com a operação física, e B2W com a parte digital – a eventual aquisição de uma empresa que opere tanto no físico quanto no digital torna-se mais complexa. “Quando olhamos uma empresa é preciso tentar calcular quanto dela caberia à B2W”, diz. Ainda não há estimativa de quando a análise sobre a possível fusão estará completa.

FONTE ORIGINAL

Recomendado Posts

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *