Estado Islâmico assume duplo atentado com mais de 30 mortos em Bagdá • A Referência

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O autodenominado EI (Estado Islâmico) assumiu a autoria pelo duplo atentado que deixou 32 mortos e mais de 100 feridos na capital do Iraque, Bagdá, nesta quinta-feira (21).

O alvo eram muçulmanos xiitas, disse a agência Amaq, do grupo radical sunita. A informação foi divulgada em um grupo no aplicativo de mensagens Telegram, poucas horas após o ataque.

Na ação, homens bomba explodiram em meio a uma multidão. Eles estavam em um mercado de roupas de segunda mão na Praça Tayaran, no centro da cidade, relatou a BBC.

Destroços após duplo ataque suicida em Bagdá, no Iraque, em 21 de janeiro de 2021 (Foto: Anadolu Agency)

O atentado foi o maior em Bagdá desde que o EI foi derrotado por tropas militares, no final de 2017. O grupo chegou a controlar cerca de oito milhões de pessoas em uma faixa de 88 quilômetros do leste do Iraque ao oeste da Síria.

Mesmo com a derrota, relatórios da ONU (Organização das Nações Unidas) lançados em agosto apontam que mais de 10 mil combatentes seguem ativos na região.

O último ataque suicida em Bagdá também ocorreu na Praça Tayaran, em janeiro de 2018. À época 35 pessoas morreram. O atentado antecedeu as eleições parlamentares daquele ano. Em 2021, o país deve realizar eleições gerais em outubro.

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *