ESPECIAL TG | Carlos Saldanha

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

                Carlos Saldanha, você pode não conhecer o nome, mas saiba que ele é a cabeça por trás de algumas ótimas animações. Mas não só isso, o cara ainda é brasileiro e também o grande produtor executivo da maravilhosa série Cidade Invisível que trata sobre o folclore brasileiro. Inclusive, já saiu a resenha da série já saiu aqui no site então corre lá para conferir e também assistir.

                Mas se você já fez essas duas coisas, eu preparei um especial para vocês conhecerem melhor um pouco mais do trabalho desse homem. Então vamos do início, nascido em 1965 no Rio de Janeiro, ele frequentou o Colégio Militar do Rio de Janeiro. Lembro que quando descobri isso achei incrível, pois eu também estudei em Colégio Militar e tenho interesse na área do cinema. Enfim, ele fez ciências da computação aqui no Brasil, mas foi em 1991 que tomou a decisão de ir para Nova York.

                E foi nessa viagem que tudo teve início, pois ele começou a mesclar informática desenho. Assim, ele estudou na Escola de Artes Visuais e formou em 1993, e foi nessa escola que ele conheceu Chris Wedge, um dos criadores da Blue Sky Studios. A partir daí Carlos ingressou nesse mundo onde ele dirigiu, produziu e até dublou alguns filmes de animações.

                Pensando no fato de que Cidade Invisível estreou há pouco tempo e está arrasando mundo afora, eu decidi mostrar para vocês que esse brasileiro tem muitos outros sucessos que talvez você nem saiba que tem dedo dele.

 A Era do Gelo

                Quem nunca assistiu a esse filme maravilhoso que nos apresentou um dos melhores personagens do mundo. Que já deu origem até a memes. Sim, estou falando do Sid, a preguiça tagarela e irritante, mas que não tem como não amar. E claro, Scrat o esquilinho da noz também deu origem há muitos memes. Mas agora vou te contar porque esse filme está na lista, Carlos Saldanha coproduziu o filme que deu origem a vários sucessores.

Scrat - A era do gelo

                Inclusive, já vou contar aqui para vocês que ele dirigiu o segundo e o terceiro filme. Mas não só isso, o cara também dublou os três babyssauros do terceiro filme na versão brasileira. Então, da próxima vez que se lembrar dessa série de animações ou de algum personagem não se esqueça que todo esse sucesso tinha um nomezinho brasileiro por trás.

Robôs

                Cara eu sou simplesmente apaixonada por esse filme. Não tem como não ser com Britney Spears na trilha sonora, né? Mas brincadeiras a parte, Robôs é um filme para toda família, contando com vários momentos de piadas mais adultas, mas não perdendo o humor infantil. É um filme que não tem idade para se assistir uma hora ou outra você vai dar risada com ele.

Robôs

                A animação é cheia de personagens icônicos, e quando digo isso é porque eles realmente são icônicos. Se você nunca viu esse filme pare tudo que está fazendo e vai assistir. E se já viu aproveita para ter aquela nostalgia gostosa contemplando essa animação codirigida por Carlos Saldanha.

Rio

                A história da arara azul que tinha medo de voar também foi dirigida pelo cara que ganhou um especial só para ele. Admito que Rio não é um dos meus filmes preferidos, acho que a história poderia envolver muito mais, porque tinha de fato bastante potencial. Mas de uns tempos para cá uma cena em particular conquistou a internet. A famosa “festa em Ipanema, meu amor”.

Rio - Blu escovando os "dentes"

                Carlos Saldanha dirigiu tanto o primeiro quanto segundo filme que é recheado de boas músicas. E mesmo eu achando não ser um dos melhores, não tem como não gostar de algo internacional que se passa no Brasil, ainda mais um desenho.

O touro Ferdinando

                O que dizer desse filme maravilhoso que nos mostra um touro sensível e empático? Além de contar com uma ótima trilha sonora a história nos envolve de uma forma única, sendo capaz até de arrancar algumas lágrimas.

O touro Ferdinando

                Não tem como não se apaixonar por Ferdinando com seu jeito doce de ser. O filme mostra uma jornada que ele embarca meio que sem querer. Também conta com ótimos personagens e momentos de muitas risadas, porque apesar de ser um doce, Ferdinando também é um desastre total. Carlos Saldanha foi o diretor dessa animação e fez um trabalho ótimo.

                Mas eaí, o que achou desse especial? Confere nossas resenhas de filmes clicando aqui.

Teoria Geek – O importante é se divertir



Post Views:
3

FONTE ORIGINAL

Recomendado Posts

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *