DualSense, controle do PS5, é desmontado por iFixit e defeito crítico é revelado

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Segundo o popular canal de tecnologia iFixIt, o controle do PS5, DualSene, utiliza o mesmo joystick que está presente em controles de outros consoles como, por exemplo, os do PS4, Xbox One e Nintendo Switch. Todos os dispositivos que possuem esta peça tiveram reclamações de seus usuários. Alguns jogadores insatisfeitos até iniciarão ações judiciais coletivas nos EUA por conta do problema generalizado.

O que ocorre com o joystick dos controles DualSense

Segundo o iFixIt, a ALPS, responsável pelo desenvolvimento e produção das peças do joystick, diz que a vida útil para o potenciômetro é de 2.000.000 ciclos, enquanto a função de pressão central (quando o manche é “clicado) é de 500.000 ciclos. Isso acarretaria, de acordo com o iFixIt, apenas 417h de jogabilidade no jogo Call of Duty: Warzone (claro que isso pode variar de acordo com o game jogado, mas é um tempo muito curto considerando a vida útil do console).

Estimativa de funcionamento do DualSense

DualSense, controle do PlayStation 5, desmontado pelo iFixit. Fonte: iFixit

Segundo o iFixIt, se considerarmos que o usuário utilize o PS5 para jogar duas horas por dia, o controle DualSense duraria somente 7 meses. De acordo com o site, o desgaste do potenciômetro causado pelo simples uso cotidiano foi o maior causador do problema.

Potenciômetro do DualSense, controle do PlayStation 5, desmontado pelo iFixit. Fonte: iFixit
Potenciômetro do DualSense, controle do PlayStation 5, desmontado pelo iFixit. Fonte: iFixit

O iFixIt também afirma que o uso contínuo do controle do PS5 também pode causar o perda de resistência das molas dentro do joystick, responsáveis por determinar o ponto neutro dos manches. Além disso, pode haver também contaminantes como, por exemplo, a poeira que podem causar problemas.

Soluções

Uma das soluções dadas pelo site iFixIt é:

“Conserte você mesmo ou por meio de um técnico experiente; se ainda estiver na garantia, você pode enviar o controlador ao fabricante para uma correção; ou, se nada disso for possível, você terá que comprar um novo.”

Os analistas do iFixiT ainda dizem:

“Depois dessa pesquisa, é bizarro para nós que os fabricantes de consoles não considerem os joysticks como peças consumíveis e os projetem para serem facilmente substituídos.

Nenhum dispositivo classificado para um número finito de ações, especialmente aquele que vive próximo a tanta contaminação e suporta tantos abusos, pode manter um desempenho perfeito para sempre.”

Ações judiciais contra a Sony, Microsoft e Nintendo

As recentes ações judiciais que estão ocorrendo contra a Sony, Microsoft e Nintendo, dizem que as empresas estão cientes deste problema em seus controles, porém acusam os jogadores de práticas enganosas, continuando a vender produtos com defeito.

Recentemente a Microsoft chegou a emitir uma nota dizendo para retirar o processo contra a empresa, dizendo que o juiz não estava sendo imparcial. Em março do ano passado, o Tribunal Distrital dos EUA levou o caso da Nintendo à arbitragem, embora tenha rejeitado a oferta da Nintendo para encerrar o caso.

O que achou desta situação? Comente abaixo e compartilhe conosco a sua opinião!

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *