Diretora mostra jurado do Oscar se recusando a ver filme sobre aborto

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O filmeNunca, Raramente, Às Vezes, Sempre” é uma das grandes apostas para a temporada de premiações de cinema, mas corre o risco de não ser indicado ao Oscar por problemas com a Academia.

Um dos jurados se recusou a assistir ao filme devido à temática da história. O motivo: o drama é sobre uma adolescente grávida que viaja da Pensilvânia para Nova York para fazer um aborto, já que em seu estado natal precisaria da permissão dos pais para realizar o procedimento.

O jurado que causou a polêmica é o cineasta Kieth Merrill, vencedor de um Oscar em 1973 pelo documentário “The Great American Cowboy” e indicado em 1997 pelo curta “Amazon”.

A diretora do filme, Eliza Hittman, compartilhou no Instagram um e-mail enviado pelo membro da Academia a uma publicista. Ele escreveu:

Recebi o filme, mas como cristão, pai de 8 filhos e avô de 39 netos E ativista pró-vida, eu tenho ZERO interesse em assistir a uma mulher cruzando fronteiras para alguém assassinar seu filho.

E continua: “75 milhões de nós enxergamos o aborto como a atrocidade que é. Não tem nada heroico sobre uma mãe se esforçando tanto para matar seu filho. Pense nisso!”

Hittman respondeu na própria postagem: “Conforme a temporada de premiações se aproxima, tenho noção de que o filme ainda tem chances de ser um verdadeiro concorrente”.

Recebi este e-mail ontem à noite e foi um lembrete duro de que a Academia ainda é infelizmente monopolizada por uma guarda velha, branca e puritana. Me pergunto quantos outros jurados não vão assistir ao filme.

Depois, a diretora deletou a postagem. Em comunicado enviado à revista Variety, a Academia afirma que os membros não precisam assistir a todos os pré-selecionados para votarem:

Algumas das categorias exigem que os membros assistam a todos os filmes pré-selecionados para participarem. Para Melhor Filme, não há o requisito de assistir a todos os filmes inscritos.

FONTE ORIGINAL

Recomendado Posts

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *