Corinthians pede áudios do VAR após polêmica arbitragem contra o Flamengo

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Presidente do Alvinegro paulista, Duílio Monteiro Alves disse que já fez um ofício à CBF para pedir os áudios e as imagens

RJ – BRASILEIRO A 2020, FLAMENGO X CORITNHIANS – ESPORTES – BRASILEIRO A 2020, FLAMENGO X CORITNHIANS – Gabigol jogador do Flamengo discute com Wagner Mancini técnico do Corinthians durante partida no estádio Maracanã pelo campeonato Brasileiro A 2020. 14/02/2021 – Foto: FERNANDO SOUTELLO/AGIF – AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/AGIF – AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDOGabigol e Vagner Mancini discutem durante Flamengo x Corinthians

O Corinthians enviou um ofício à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para pedir áudios e imagens do VAR do confronto diante do Flamengo, ocorrido no último domingo, 14, no Maracanã, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro paulista contesta, principalmente, a decisão do Árbitro de Vídeo em validar o gol de Gabriel Barbosa, o segundo do Rubro-Negro na partida – inicialmente, o tento havia sido anulado pelo bandeirinha por impedimento. Além disso, o Timão também entende que o árbitro Rafael Traci não adotou o mesmo critério na aplicação dos cartões amarelos.

“Boa tarde, Fiel. Diante do que vimos ontem no Maracanã, voltamos a protestar à CBF, pedindo de novo os áudios e imagens do VAR para verificar a linha traçada no 2o gol do Flamengo e os amarelos dados sem critério. É o que sempre fazemos, quando o clube se sente prejudicado”, comunicou Duílio Monteiro Alves, através do Twitter. “Entramos em semana decisiva na briga da tabela, contra Santos e Vasco, e já vemos enorme pressão sobre os árbitros. Tudo o que queremos é a explicação dos critérios utilizados nessas decisões e um pedido por mais seriedade na própria escolha dos juíze”, complementou o mandatário.

Duílio ainda acrescentou afirmando que “jamais aceitará” erros de arbitragem contra o Corinthians. “Só não fui pessoalmente à CBF pq a entidade está em recesso, mas já enviei o ofício. Estarei lá ainda nesta semana. Deixo claro: o Corinthians JAMAIS aceitou e NUNCA vai aceitar passivamente esses erros. Queremos gente gabaritada nos jogos finais e exigimos critério igual a TODOS”, finalizou o presidente. Com o resultado, o Corinthians foi ultrapassado por dois rivais e caiu para a décima posição. Agora, o Timão volta a campo na próxima quarta-feiram 17, quando visita o Santos, em rodada adiada do Campeonato Brasileira. Restando três partidas, a equipe do Parque São Jorge luta pela oitava colocação, que dá vaga na fase preliminar da próxima Copa Libertadores da América.

FONTE ORIGINAL

Recomendado Posts

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *