Início ECONOMIA Confira 6 projetos em criptomoedas para ficar de olho além do bitcoin – Hyper Finance

Confira 6 projetos em criptomoedas para ficar de olho além do bitcoin – Hyper Finance

por Renan Sousa
0 Já viram


As moedas tendem a se desenvolver com a popularização dos criptoativos e melhora da experiência do usuário

Quem trabalha com mercado financeiro, ações e investimentos já está avezado a mesma pergunta em cada churrasco de família: e aí, onde eu coloco meu verba pra permanecer rico logo?

É difícil declarar com certeza qual vai ser o próximo ganso dos ovos de ouro, que trará sorte e riqueza a um ou mais felizardos. E em se tratando de criptomoedas, a possibilidade de ser um patinho mal-parecido é muito subida. 

Quem acompanha o mercado a mais tempo, deve se lembrar do boom dos ICOs, as ofertas primárias de moedas, na {sigla} em inglês. Foi um momento de explosão de projetos e, é evidente, de falências, no mundo das criptomoedas. 

Para nos ajudar a permanecer de olho nos projetos que tem chances de crescer no próximo semestre, chamamos André Franco, perito em cripto da Empiricus, e Bruno Milanello, executivo de novos negócios do Mercado Bitcoin, que comentaram suas apostas para os próximos meses.

Vale lembrar que esta não é uma indicação de investimento e que colocar verba em criptomoedas é altamente aventuroso. Basta lembrar da verdadeira montanha-russa das cotações do bitcoin ao longo deste ano. Por isso, os especialistas recomendam cautela na hora de apostar em qualquer projeto. 

Você também pode conferir nosso teor em vídeo no ducto do Seu Verba do YouTube:

1 – Uniswap (UNI)

Ele é o principal protocolo para negociação de finanças descentralizadas, as chamadas DeFis. Você pode entender mais quanto a as DeFis clicando cá.

Mas, basicamente, elas são uma forma opção de mercado financeiro descentralizado. A própria rede pode fornecer ativos porquê fundos dos mais diversos gêneros ou outras formas de investimento sem a premência de uma B3 por trás, por exemplo.

Ainda é uma forma de investimento em cripto incipiente e que precisa lucrar contornos mais muito definidos. Mesmo assim, as finanças descentralizadas já acumulam um valor de mercado de mais de US$ 54,07 bilhões nos primeiros seis meses do ano. 

Para Bruno Milanello, a UNI deve lucrar popularidade com a melhora da experiência do usuário. A plataforma de negociação ainda é pouco intuitiva e pode distanciar investidores menos experientes.

Assim porquê a melhora da experiência do usuário é superior, a segurança na hora das negociações é um dos pontos que mais preocupa quem quer entrar no mundo de criptomoedas. 

Por isso, o protocolo Chainlink, ou “Oráculo”, porquê costumam invocar, foi criado. Por meio da própria blockchain, os validadores da rede podem confirmar inúmeros dados da pessoa que pretende transferir verba para quem irá receber. 

Se você ficou preocupado que suas informações estarão na mão de terceiros, fique tranquilo. A blockchain funciona porquê uma “caixa de vidro”, na qual alguém consegue “olhar” seus dados sem modificá-la. 

“Olhar” entre aspas porque o programa fornece as informações de maneira criptografada e que são validados de maneira automática. Desta maneira, ninguém vai bisbilhotar seu CPF ou RG.

O protocolo deve crescer com a popularização das DeFis e maior premência de segurança. 

3 – Chilis (CHZ)

A plataforma de negociação dos token fans, ou os NFTs colecionáveis, deve crescer com a popularização dos próprios criptoativos. Os NFTs, ou tokens não fungíveis, funcionam porquê figurinhas negociáveis nessa blockchain.

Dessa forma, você pode comprar um token do seu time do campeonato brasílico ou da NBA, por exemplo.

Times porquê o Corinthians e o Vasco devem passar a usar esse tipo de token para lucrar mais fãs, mas equipes menores já começaram a usá-los para receptar verba para competições ou melhorias dos equipamentos. É uma forma fácil e barata de receptar fundos.

4 – Basic Attention Token (BAT)

Já parou para pensar na quantidade de propagandas que você vê de perdão? O Basic Attention Token (BAT) deve passar a te remunerar pela sua alerta à publicidade.

Essa moeda está conectada ao navegador Brave e à sua carteira de criptomoedas. Dessa forma, você pode escolher ver a propaganda e receber BAT em troca. que podem virar outras criptomoedas ou mesmo dólares ou reais. 

Apesar de animador, o BAT ainda custa US$ 0,4947, ou seja, a remuneração ainda é pequena. Mas é uma forma de estrear a investir em criptomoedas e receber por um pouco que nós fazemos todo o dia: ver propagandas aos montes. 

5 – Aave (AAVE)

Assim porquê os DeFis vieram para aumentar suas opções fora do mercado financeiro tradicional, o AAVE deve introduzir o noção de empréstimos no mundo das criptomoedas. 

Esse protocolo deve possibilitar o crédito em criptomoedas. Quem oferece o empréstimo fica com as taxas, que são menores do que o sistema financeiro tradicional para quem toma emprestado. 

O ponto curioso dessa blockchain é que a rede conta com um “lastro” em criptomoeda. Dessa forma, não existe ingresso ou saída de verba sem garantia, o que torna o norma mais seguro. 

6 – Axie Infinity (AXS)

Esse token faz segmento de uma novidade possibilidade no mundo dos jogos e do ofício, chamada pay-to-win. A Axie Infinity é conectada ao jogo de mesmo nome e você pode lucrar tokens para usar tanto na melhoria do jogo quanto trocar por outras criptomoedas e verba. 

Para André Franco, essa moeda pode ajudar a complementar a renda de pessoas que já realizam serviços de entrega de comida ou táxis por aplicativo. Uma pequena vila nas Filipinas acabou sendo totalmente transformada pelo jogo.

Isso porque a remuneração do jogo, em torno de US$ 400 dólares em média, de combinação com pesquisas locais, é maior do que muitos empregos na região. 

E não é para menos: a valorização dessa criptomoeda já ultrapassou os 3.000%, saindo de US$ 0,517 em primeiro de janeiro deste ano, para US$ 16,23 este mês. 




Esse conteúdo pertence ao site:

Site: https://hyperfinance.com.br/

Para qualquer dúvida, sugestão, reclamação ou denúncias, envie um e-mail para:

contato@imoveweb.com.br

FONTE ORIGINAL

Olha essas aqui:

Deixe um Comentário

O Site iMove Web é um AGREGADOR DE CONTEÚDOS, onde buscamos por fontes seguras que permite em seus sites, o formato: RSS/FEED, como se trata de conteúdo de terceiros, prezamos por isso, e informamos no final de cada post a REAL FONTE do post, e ainda todos os posts aqui publicados, são mantidos na integra de cada autor, sem alterar um paragrafo ou link inserido na postagem, todos direitos de imagem, textos e vídeos são atribuídos ao autor original. Somos contra FAKE NEWS, caso você leitor, se depare aqui com alguma notícia FALSA ou ENGANOSA, por favor nos envie um e-mail denunciando esse post. E-mail: contato@imoveweb.com.br FECHAR

SOBRE NÓS